Além das 4 linhas – Novos estaduais

459

É um absurdo total o campeonato brasileiro não parar em datas FIFA. A razão disso acontecer são os estaduais, claro. Nesta semana li que os caras querem aumentar o número de clubes nos regionais. É passada a hora dos clubes organizarem a liga de clubes brasileiros. Parece que a CBF está na direção de melhorar o calendário, mas a TV Globo quer os estaduais.

O estadual de SP poderia muito bem ser disputado pelos pequenos até termos os 4 melhores do interior. Estes 4 disputariam com os 4 grandes as quartas de finais, as semi finais e as finais. Sempre com jogos de ida e volta. Em 6 datas resolvemos o campeão. Assim teríamos ainda os regionais, mas de forma a não atrapalhar os campeonatos mais importantes e rentáveis.  Os clubes poderiam fazer uma pré-temporada decente também. O Atlético paranaense disputa o estadual com o sub 23, é uma boa ideia também. Se o time da CBF joga, não deveria haver  jogos no Brasil. Assim deveria ser organizado nosso desorganizado calendário. O SPFC tem importantes compromissos nestes dias, compromissos importantes financeiramente, já que podem valer a vaga para a libertadores de 2020 e importantes jogadores não estarão em campo por conta de compromissos do CBF futebol clube.  Um absurdo!

Infelizmente o futebol brasileiro é administrado por gente que não sabe fazer o futebol vir a ser transformado num grande negócio. Os grandes clubes brasileiros deveriam criar a liga de futebol e transformar tudo como aconteceu na Europa e está acontecendo na Argentina. A primeira coisa é o calendário, que em minha opinião deveria seguir o Europeu. Os estaduais deveriam ser diminuídos como citei acima e em seguida outras coisas importantes. Até o horário dos jogos deveria ser alterado. Na Europa os jogos de meio de semana tem início às 20:45hrs. Isso numa cidade como São Paulo é importante. 

Uma coisa que sempre me chama a atenção é o SPFC não ter um time B para os moleques jogarem. Lendo uma matéria de ontem sobre o zagueiro Morato, vendido ao Benfica por R$26 milhões recentemente, fiquei pensando mais uma  vez neste assunto. O pessoal do Benfica trata o negócio como pechincha.  Eu vi a administração dos moleques melhorar nos últimos meses, mas ainda faltam ajustes.

Para finalizar, vejo como impressionante a desandada do time tricolor, que chegou a estar a 2 pontos da ponta naquela reação após a copa América e agora pode ficar 15 pontos distante se o Flamengo vencer seu compromisso desta rodada. Isso diz muita coisa sobre o momento e demonstra muito claramente o tanto que  o clube precisa melhorar para chegar no nível dos líderes. Quanta coisa errada fez o clube nos últimos anos que impede qualquer chance de ficar na ponta. A minha avaliação continua sendo a mesma: A causa disso tudo é gestão. A solução passa pela troca do grupo que comanda o clube há anos. Mas não é qualquer troca que vai resolver. Faz poucos dias ficamos sabendo de mais um problema político no clube quando o filho do presidente “causou” numa viagem ao discutir com o vice presidente. Está mais que claro que as pessoas não trabalham pelo bem do clube e o poder que tem a liderança sobre os resultados é sempre muito grande. Pelo lado financeiro é importante ficar na zona de classificação para a Libertadores 2020, mas pelo lado esportivo não é animador. Você consegue ver este time com chances de conquistar coisas grandes da forma como estamos vendo? Nem o departamento médico funciona! Ou será o calendário e a falta de boa gestão dos atletas que causam tantas contusões? O clube deve continuar disputando aquela porcaria de torneio na Flórida e encurtar a pré temporada prejudicando a preparação? Deve jogar o estadual com time titular? O clube anda contratando jogadores com problemas físicos crônicos? Uma boa gestão resolveria isso tudo. Já que termos tido 3 treinadores em 2018 e 4 treinadores em 2019 é coisa de gente que não sabe administrar um clube de futebol. Isso está claro para mim.

Salve o tricolor paulista, o clube da fé.

Carlito Sampaio Góes