Além das 4 linhas – Ano novo?

379

O elenco atual do SPFC foi montado durante a temporada de 2019 e muitos jogadores não conseguiram entrar em forma no ano passado. O Hernanes até já declarou que a pré-temporada passada foi ruim, graças ao torneio realizado nos EUA e que eliminou um tempo de preparo que teria sido importante a ele, que vinha da China.

Além disso, tivemos inúmeros problemas com contusões dentro de todo o elenco. O time teve a melhor defesa do BR-19, mas teve um ataque muito fraco. É fácil explicar as razões do ataque não ter funcionado. Em primeiro lugar basta pensar nas principais peças do setor. Todos ou quase  todos passaram o ano entrando e saindo do time por contusão. Além disso, alguns jogadores do ataque não são goleadores, exemplos de Everton e Antony.  Pato e Pablo, a dupla goleadora teve um ano com muitos problemas. Outro goleador é Hernanes, que também teve um ano ruim em muitos sentidos. Para concluir, tivemos o absurdo número de 4 treinadores durante o ano passado. Não há time que possa funcionar assim.

Agora iniciamos nova temporada com o elenco podendo ter uma pré-temporada razoável, já que no Brasil os estaduais a prejudicam muito, mas será uma pré- temporada pelo menos. Além disso, temos um elenco que nada ou quase nada será alterado em suas peças importantes. Sobre o treinador não podemos falar muita coisa, já que é um cara sem bagagem e sem título. Temos também o mesmo presidente, que a  qualquer momento pode fazer uma besteira.  Mas a compensação é que algumas peças deverão amadurecer em vários sentidos. A começar por Antony, jogador que torço para ficar toda a temporada e poder mostrar um pouco do que pode também nos profissionais. Ele terminou o ano fazendo gols, o que é bom sinal. Daniel Alves e JuanFran serão mais efetivos ao iniciar uma temporada junto dos demais e também por estarem um pouco mais adaptados ao nosso futebol. Hernanes, Pato e Pablo serão, em minha modesta opinião, o grande diferencial deste time se funcionarem. Já li que Hernanes começou bem o ano, o que animou meus pensamentos. Resta saber se a dupla de ataque vai deslanchar.

Pela escalação do time nos treinos vemos que tudo que falta melhorar em relação ao ano passado vai depender de Daniel, Hernanes, Pato e Pablo.  O meio de campo nos treinos vem sendo  Tchê, Daniel e Hernanes, os caras da armação das jogadas. O ataque tem Helinho no lugar do Antony, Pablo e Vitor Bueno. Notem que Everton, Pato, Igor, Rojas, Liziero, Luan e mais alguns não estão no time, mas formam este bom elenco do SPFC atual. Alguns dizem que Hernanes e Daniel não podem jogar juntos no meio de campo por serem veteranos.  Vamos ver. Eu acredito muito no potencial dos dois, basta saber se estarão em forma física e técnica.

Eu gosto do elenco que o clube tem, só não gosto do comando, ou seja, treinador, coordenador, gerente, diretor e presidente, os problemas do nosso clube nos últimos anos.

Falando dos gestores, surgiu uma boa notícia nesta semana, que é uma possível candidatura do Marco Aurélio Cunha a presidente do clube para a sucessão do fraquíssimo Leco no final deste ano. Lembro que MAC tem histórico vencedor no clube, tem também longo currículo dentro do futebol, tem carreira médica, carreira política e agora na CBF. Além disso, tem excelente relacionamento com grandes e importantes são paulinos como Muricy. Para citar uma passagem de Marco Aurélio no São Paulo, lembro que  em 2002 como superintendente de futebol lá estava quando o clube conquistou o paulista. Permaneceu  até 2011 e acumulou os títulos do Paulista, da Libertadores e do Mundial de 2005, e dos Brasileiros de 2006, 2007 e 2008. O cara é do ramo.

O que não podemos é ver o clube nas mãos de quem está hoje. Finalizando, um repórter esportivo disse que o SPFC não quis conversar com Quique Setién em novembro passado. Agora nesta semana ele foi contratado pelo Barcelona. Será que ele serve para o time da Catalunha e não serve para o time do Morumbi? Leco que responda mais esta.

Salve o tricolor paulista, o clube da fé.

Carlito Sampaio Góes