Além das 4 linhas – Canja de galinha

187

No jogo de sábado valeu mesmo a vitória e o ânimo que isso trás a todos os jogadores e torcedores. O SPFC do RC é um time que tem um modo de jogar e os resultados começaram a aparecer. O treinador vinha de boas passagens por Fortaleza e Flamengo e vai dando uma cara a este time, ainda que devagar e ainda sem todos os jogadores à disposição.

Contra as galinhas faltaram, alguns sem a melhor forma ainda, Jandrei, Miranda, Luan, Patrick, Nikão, Luciano e Alisson. É muita gente que teria ajudado entrando do início ou durante o jogo. Eu arrisco a dizer que tirando o goleiro todos os demais entrarão todo jogo.

A molecada de Cotia é cada vez mais protagonista e isso é bacana demais. Queiram ou não o time conquistou duas importantes vitórias nos clássicos que disputou até agora e tem uma boa pontuação dentro do campeonato. Eu vejo as críticas ao Rogério Ceni oriundas da política, repetindo o cenário nacional. Vivemos tempos de extremos e as pessoas hoje tendem a ter opiniões radicais sobre quase tudo na vida. Eu acho que isso vem da vida digital, da vida das redes sociais, onde não é preciso se expor, basta colocar suas opiniões de forma virtual, sem muita ou nenhuma necessidade de diálogo e explicação das suas escolhas. Os tempos das conversas estão acabando. Como não há argumentos, abaixam o nível, argumento de burro é coice.

Publicidade

Voltando ao que mais interessa aqui, nosso tricolor paulista está melhorando e junto com ele alguns jogadores que tenho gostado muito, casos de Nestor, Sara e Calleri. O nosso camisa 9 é o autêntico goleador, o cara não inventa, chuta pro gol e guarda. Que contratação! Sara e Nestor dão uma dinâmica ao meio de campo muito interessante. Correm muito. São raçudos. Aliás, o time todo joga com muita raça.

Mas amigos, imaginem o que poderiam fazer os jogadores citados acima como ausentes? São todos bons jogadores. O SPFC está no caminho certo e os que não são tricolores, que vivem a criticar tudo e todos, logo terão que aceitar que o melhor possível está sendo feito por bons profissionais e sem dinheiro. O clube quer um zagueiro e um atacante de lado, que neste jogo de sábado teria feito a diferença, já que o SPFC teve muita oportunidade de a contra atacar. Com dinheiro já os teria contratado. Sem dinheiro ainda busca uma oportunidade de mercado.

Mas o caminho é a reconstrução e isso está sendo feito, estou vendo isso. Será que as críticas vêm de gente que fez parte da destruição do clube? Só pode ser, afinal de contas, ser contra RC e Muricy só pode ser coisa de gente ruim da cabeça, pois o trabalho está sendo bem feito dentro das possibilidades e são caras que conhecem o futebol e possuem boas carreiras. São as pessoas que contrataram Diniz, Doriva, Vizolli, Mancini, Pintado e coisas do gênero que agora criticam? Certeza! Pode ser coisa de gente do contra também, eu sei, tem gente que reclama de tudo. É muito importante dizer que não deveria ter lado político, deveria ter torcida pelo clube.

Quero terminar esta rápida reflexão dizendo minha preocupação com o Rigoni. O cara que chegou chegando e logo tornou-se o melhor do time agora é um jogador comum. Faz muita falta a um clube sem dinheiro. Como sei que Muricy e Rogério sabem trabalhar, os olhos dos dois devem estar focados no argentino bom de bola que poderia puxar ótimos ataques.

Rigoni fez muita falta no jogo de sábado, pois com sua qualidade teria melhorado muito o jogo para o SPFC e com galinhas e um campo cheio de água, a canja teria sido ainda melhor.

Salve o tricolor paulista, o clube da fé no trabalho!

Carlito Sampaio Góes