Aperta o Play – Habemus Adidas

1299
O São Paulo comunicou que aprovou a proposta da Adidas para o fornecimento de material esportivo.
E essa foi uma das melhores notícias dos últimos anos para os torcedores.
Isso porque o são-paulino estava aflito com as propostas realizadas ao Tricolor de Penalty e Topper. Na briga, ainda tinha a Puma e a Under Armour analisando para ver se cobria as ofertas.
UNDER ARMOUR
A Under Amour chegou no Brasil e fez um contrato de exclusividade com o São Paulo.
A empresa chegou com um produto inovador, focando sempre a qualidade de seus materiais. Porém, nunca fez uma camisa diferente, independente do que está escrito no estatuto do clube.
A UnderAmour quanto tentou inovar, lançando uma camisa amarela, errou na mão. As camisas encalharam nas lojas e não caiu no gosto do torcedor.
A camisa preta lançada em 2017 foi bem recebida. Porém, utilizada em no máximo 3 jogos oficiais.
A UnderAmour alega que o São Paulo não deu o suporte necessário a empresa. O que sabemos, é que a UnderAmour é “falida” na América Latina, e raramente investe em marketing. De 2014 para cá, poucas foram as ações da UA com o torcedor do São Paulo.
ADIDAS
A Adidas chega para colocar o São Paulo entre os grandes times do Mundo.
Pagará royalys altos, acima do mercado nacional. Além de um valor anual que supera o valor pago anteriormente pela Under Armour.
A empresa tem a característica de inovar sempre em seus uniformes. Além disso, facilita a entrada de nomes do mercado da bola ao clube.
Um acerto da diretoria, que soube analisar as propostas e pensar, não apenas em valor, mas no volume de vendas que poderia arrecadar com a chegada da Adidas.

Aperta o Play São Paulo !!

Grégori Claro é paulistano, bacharel em marketing e com MBA em Vendas. Fundou o FutebolNews em 2000, lançou o BrasFoot em 2003 e hoje, administra o maior Instagram Não-Oficial de clubes do Brasil: o São Paulo News (@spfc), além de ser um craque no FIFA !!  Escreve nesse espaço todas as quartas-feiras.

ATENÇÃO: O conteúdo dessa coluna é de total responsabilidade de seu autor, sendo que as opiniões expressadas não representam necessariamente a posição da SPNet ou de sua equipe de colaboradores.

3 COMENTÁRIOS