Na Rede – Vamos Falar A Verdade

634

Pelo menos alguma coisa o São Paulo conseguiu em 2018, garantir vaga na Libertadores de 2019. Porém devido a palhaçada que estava com o comando do Aguirre, ainda tem que vencer e contar com tropeço do Grêmio para tentar classificar para a fase de grupos, senão vai para os playoffs e o planejamento, palavra que o São Paulo não conhece a muito tempo. Terá de ser totalmente alterado, isso é, se já estiver sendo feito.

Mas vamos falar a verdade, em 2019 não acontecerá NADA de diferente dos outros anos! A esperança desse ano chamava-se Raí, Ricardo Rocha e Lugano, isso por causa do plano do covarde do Leco em se esconder atrás dos ídolos, e como vimos começou dando certo, mas no decorrer do campeonato deu no que deu e hoje o time que venceu o primeiro turno, sofre para se classificar para a fase de grupos da Libertadores.

Agora por que eu acho que 2019 não acontecerá nada de diferente, é simples, enquanto o Leco estiver dentro desse clube, a tendência é que o São Paulo seja um lugar que queime técnicos e jogadores. Em 2009, depois dos 3 anos de soberania tricolor no campeonato brasileiro, o Leco reuniu-se com o Juvenal Juvêncio e queimou o Muricy Ramalho, sim, o melhor técnico dos últimos tempos só saiu em 2009 por causa do dirigente de laticínios.

Muricy só voltou ao São Paulo em 2013, época em que o Leco estava no conselho deliberativo, ficou até 2015, foi o último treinador que conseguiu concluir uma temporada completa no comando do São Paulo, e desde então 17 treinadores passaram pelo São Paulo, sendo que praticamente a cada trimestre é uma nova comissão que assume.

Com esse histórico fica difícil de confiar em alguém que possa fazer sucesso com o Leco e companhia, acredito que não estaria muito diferente, se desde 2011 quando o Juvenal Juvêncio fez a manobra para concorrer ao terceiro mandato, a oposição tivesse vencido, pois no fundo é tudo a mesma coisa. Para se ter ideia na eleição de 2017 o candidato da oposição declarou que na possível gestão, seria capaz de trazer de volta para o São Paulo o Carlos Miguel Aidar, o responsável pelo escândalo de corrupção de 2015.

Com esse parâmetro o sucessor do Leco em 2020, até assusta. É quase certeza que o candidato da situação e praticamente próximo presidente será o Roberto Natel outro que será mais do mesmo, agora temos que esperar o nome apresentado pela oposição, desde já torço para que o Marco Aurélio Cunha possa ser candidato, pois ao meu ver é o que pode fazer uma mudança na política que só vem apequenando o São Paulo nos últimos anos.

SPNauta, qual é a sua opinião? Deixe nos comentários!

Matheus Couto é estudante de Comunicação Social – Rádio TV, torcedor fanático do São Paulo. Escreve toda segunda-feira nesse espaço.

Twitter:@mathcoutoficial
Instagram:@mathcoutooficial

ATENÇÃO: O conteúdo dessa coluna é de total responsabilidade de seu autor, sendo que as opiniões expressadas não representam necessariamente a posição da SPNet ou de sua equipe de colaboradores.