Para Ceni, só vitória contra o Danubio evita dependência de “milagre”

68

Fonte: GloboEsporte.com – Marcelo Hazan

Rogério Ceni São Paulo (Foto: Site oficial do SPFC)Rogério Ceni quer São Paulo pressionando Danubio desde o início na quarta-feira, no Morumbi  (Foto: Site oficial do SPFC)

Sufocar desde o início até conseguir o gol. Essa tem de ser a postura do São Paulo na opinião de Rogério Ceni para vencer o Danubio, do Uruguai, nesta quarta-feira, no Morumbi, pela segunda rodada da Taça Libertadores. Fazer os três pontos em casa virou missão vital para o Tricolor ter alguma tranquilidade na competição, de acordo com o ídolo da torcida, por conta da derrota para o rival Corinthians na estreia.

– Eu imagino um jogo em que temos de agredir o adversário para deixá-lo acuado e se defendendo. Uma obrigação que a gente tem é tentar encurralar o máximo possível até bater, bater, bater e conseguir fazer o gol – pede Ceni.

Para ter êxito nessa missão, o São Paulo deverá repetir praticamente a mesma formação usada na goleada por 4 a 0 sobre o Audax, no último sábado, no Morumbi. A única provável mudança adiantada por Muricy Ramalho será a volta de Paulo Henrique Ganso na vaga de Thiago Mendes. Mais do que a escalação igual, Rogério quer futebol parecido ao apresentado na última rodada do Paulistão, fazendo a ressalva da diferença entre as competições e adversários.

Publicidade
Se você não faz três pontos na quarta-feira aí tem de começar a ir atrás de milagre. E milagre não acontece todo dia
Rogério Ceni

– Temos de ter como princípio esse jogo (de sábado). O time foi um pouco mais leve e se movimentou bastante. Essa equipe é diferente do que vamos encarar na quarta-feira. É outro estilo de jogo. Vamos assistir de novo aos principais momentos do jogo para ver detalhadamente onde a gente pode encontrar uma maneira de entrar na defesa adversária – avaliou o goleiro.

– Precisamos nos reabilitar e fazer os três pontos para ter um tempinho até o jogo contra o San Lorenzo, que será como um mata-mata antes da hora. Se você não faz três pontos na quarta-feira aí tem de começar a ir atrás de milagre. E milagre não acontece todo dia – afirmou.

Depois de estar vencendo o San Lorenzo até os 40 minutos do segundo tempo, o Danubio sofreu a virada em três minutos e saiu derrotado por 2 a 1, em casa. Assim, o time uruguaio também está zerado no Grupo 2, cujos líderes são Corinthians, primeiro, e o próprio San Lorenzo, segundo, pela diferença no saldo de gols (2 a 1 a favor do time paulista).

Para evitar a busca pelo milagre citado por Ceni, o São Paulo deve ir a campo contra o Danubio com: Rogério Ceni; Bruno, Rafael Toloi, Dória e Reinaldo; Denilson, Souza, Michel Bastos e Ganso; Alexandre Pato e Luis Fabiano.