São Paulo está perto de emprestar volante Maicon para o Grêmio

69

LANCENET

Camisa 18 negocia com clube gaúcho e negócio pode ser sacramentado nos próximos dias. Ele nem sequer foi relacionado para encarar o Danubio, pela Libertadores

Marcio Porto – 26/02/2015 – 19:41 São Paulo (SP)

São Paulo vence Furacão com golaço de Maicon (Foto: Ari Ferreira/LANCE!Press)
Maicon em ação com a camisa do São Paulo (Foto: Ari Ferreira/LANCE!Press)


O técnico Muricy Ramalho pode sofrer uma importante baixa para a temporada 2015. O volante Maicon está em negociação com o Grêmio e pode ser liberado para trocar de Tricolor nos próximos dias. A informação foi publicada pelo site “Globoesporte.com” e confirmada pelo LANCE!Net. A reportagem apurou que Maicon deve ser cedido por empréstimo até o fim deste ano – seu contrato com o São Paulo vence em dezembro de 2016.

Já em negociação com o clube gaúcho, o camisa 18 não foi relacionado para o duelo da última quarta-feira, contra o Danubio (URU), pela segunda rodada da fase de grupos da Libertadores. Nesta quinta-feira, no entanto, ele treinou normalmente com o restante do grupo.

Publicidade

Eduardo Uram, representante do jogador, diz que o negócio ainda não é conclusivo, mas tem boas possibilidades de acontecer, até o início da semana que vem.

A situação de Maicon no São Paulo é curiosa. Ele possui total confiança do técnico Muricy Ramalho e, embora tenha ficado na reserva no último jogo do Paulista, contra o Oasco Audax, é considerado titular no grupo. Ele disputou sete dos dez jogos do time este ano.

Já com a torcida o jogador não goza do mesmo prestigio. Desde 2012 no clube, contratado do Figueirense, Maicon sempre lidou com o desconforto dos são-paulinos, seja em redes sociais ou no estádio. Na vitória por 4 a 2 sobre o Capivariano, no Pacaembu, o camisa 18 foi criticado mesmo sendo considerado um dos melhores em campo pelo técnico Muricy Ramalho e o goleiro Rogério Ceni. A situação irritou o atleta.

– Ele (Muricy) entende de futebol, não ganhou tudo à toa. Quem entende de futebol vê (seu esforço). Mas chateia. Eu corro pra caramba, não sou nenhum craque, mas sou bom também. Se eu não jogar aqui, jogo em qualquer outro lugar, porque eu confio em mim – disparou Maicon, logo após a partida.