Ataíde defende Muricy e diz que fará cobranças individuais aos jogadores

81

GloboEsporte.com – Marcelo Prado

Aproximadamente uma hora após acabar a reunião que definiu a permanência de Muricy Ramalho como técnico do São Paulo, o vice-presidente de futebol, Ataíde Gil Guerreiro, deu uma rápida entrevista coletiva e explicou os motivos que fizeram o treinador ser mantido. Ele deixou claro que o momento é difícil, mas que, junto com o técnico, o São Paulo vai se reerguer.

– A derrota de ontem ainda não foi digerida. O momento não é bom, não ganhamos nenhum clássico. A única partida em que jogou um pouco melhor foi contra o San Lorenzo, quando foi competitivo. Estou machucado por essa derrota, talvez tenha sido a pior desde que comecei aqui. Foi uma partida ridícula, levamos um baile do Palmeiras. Mas não abro mão do Muricy. Com ele, vamos reagir. Vamos dar a resposta que todos esperam dentro de campo – afirmou.

Ataide, Coletiva São Paulo (Foto: Marcelo Prado)Ataíde GIl Guerreiro saiu em defesa do técnico Muricy Ramalho  (Foto: Marcelo Prado)

Veja os tópicos da entrevista do dirigente:

CONVERSA COM MURICY
– Foi uma conversa difícil, fizemos um diagnóstico de tudo que está acontecendo. Como dirigente, preciso olhar lá na frente. Estou no meio de uma disputa de Libertadores, tenho um jogo decisivo contra o San Lorenzo e não tem sentido mudar alguma coisa agora. Tinha de levantar a moral dele. Ele estava caído, vocês viram a coletiva. Trocamos ideias abertamente, coloquei tudo que penso e nos entendemos sobre quais serão os próximos passos.

– Não podemos fazer mudança no meio de duas competições. Afastar o Muricy está fora de qualquer cogitação. Ele é trabalhador e, num curto prazo, vamos encontrar o que precisa ser feito para que o elenco possa reagir, buscar vitórias e agradar a torcida. O torcedor está com razão em atacar. Precisamos dar uma resposta dentro de campo. A torcida só vai se sentir bem se o time ganhar do San Lorenzo e seguir seu caminho na Libertadores. No Paulista, temos a obrigação de derrubar nossos rivais lá na frente.

A derrota de ontem ainda não foi digerida. O momento não é bom, não ganhamos nenhum clássico. A única partida em que jogou um pouco melhor foi contra o San Lorenzo, quando foi competitivo. Estou machucado por essa derrota, talvez tenha sido a pior desde que comecei aqui”
Ataíde Gil Guerreiro

PROBLEMA É SÓ O TÉCNICO?
– Acertei com o Muricy e vou ter uma conversa individual com cada jogador. Não é hora de sentar todo mundo na sala. Chegou o momento que a cobrança será dura, incisiva, em cada jogador. Quero ouvir o que cada um pensa sobre o nosso momento. Para saber o que está acontecendo, precisa ser olho no olho, enfrentando seja o que for.

MURICY ENTREGOU O CARGO?
– Ele me disse que se a saída dele fizesse o time melhorar, ele sairia sem problemas. Respondi que não podia prescindir do trabalho dele. O problema não é o Muricy. Falei para ele não tocar nesse assunto mais comigo.

DESÂNIMO DO TREINADOR
– Fiquei preocupado com a entrevista dele. Ontem, quando nós chegamos aqui, disse a ele que não era hora de conversar. Falei para ele ir para casa, pensar. Não dormi essa noite, fiquei no escritório. Hoje pela manhã, quando voltou, estava com outra atitude. Ele estava convicto da possibilidade de reerguer o time.

O ELENCO QUER DERRUBAR O TÉCNICO?
– Não existe isso. Se existisse, teria tomado atitudes drásticas. Mas tem algo que está fazendo esse elenco não funcionar.

3 COMENTÁRIOS

  1. Caros Sãopaulinos!!!
    Acho que toda cobrança é válida, não só por que perdemos do Palmeiras, ou Corinthians, a cobrança é válida mesmo quando ganhamos, e mesmo ganhando não jogamos bem. Ao começar a elaborar esse comentário, me peguei tentando lembrar de um, não dois ou três, somente “um” grande jogo do São Paulo esse ano, podemos ter goleado, sim, o fizemos, mas nenhuma atuação que desse uma esperança de um grande título esse ano.
    Sito alguns jogadores culpados por essa situação vexatória que andamos vivendo, Toloi, alguns devem pensar, que é pelo jogo de quarta, não, se lembrarmos do jogo com o San Lorenzo, quem teve destaque na zaga foi o jovem zagueiro Lucão, como zagueiro falta se impor e muito, os dois laterais, estão muito abaixo de um nível técnico aceitável, o Reinaldo tem entrado muito melhor que o Carlinhos, já o Bruno, até o carrinho de controle remoto do meu filho tem mais níveis de velocidade que ele, trota pra atacar, e trota pra recompor, não tem um sprint de velocidade. O P.H Ganso, bom, o que falar da apatia, pra mim banco é pouco, Boschila tem entrado e tentado fazer diferente, Michel Bastos é voluntarioso, acho que deixou a desejar somente neste jogo, no ataque é Pata e qualquer um, nem Kardec, L. fabiano, J. Kafu ou Ewandro estão fazendo por merecer uma vaga, e sim, Muricy vacilou e muito no jogo contra o Palmeiras, pois errou ao tirar o Pato. Não, não esqueci do cavaleiro do zodíaco CENTURION, é que esse, talvez seja minha maior decepção, ainda não mostrou ao que veio, e por errar tantas jogadas, acho que nem vai.

    Abraços
    Eduardo Torres
    MKT em mídias socias e redator freelancer

  2. O Antacy com sua incompetência consegue acabar com o talento dos jogadores de futebol. Jadson, Osvaldo e até o pipoca que com outros treinadores jogavam em alto nivel ele conseguiu destruir, agora estão na lista Boschilla, Ganso, Pato e Alan Kardec.

  3. Foda é essa enrolação de cobrança séria, olho no olho…mais do mesmo.

    Tem que cobrar é botando esses fdp´s pra jogar, fica nessa viadagem de jogo contra time pequeno, os “titulares sem alma” são poupados pro jogo mais difícil, então quando as amebas jogam, parecem múmias em campo. O que o Muricy treina tanto, se ninguém aprende nada??

    A tática do time é toque de bola entre os zagueiros e o Rogério…do meio pra frente os caras não sabem criar ou trocar passes de forma efetiva.

    Neguinho quer ganhar dos gambás que ganham de 1×0 e goleiam por 2×0…mas os gambás pelo menos correm e aqui nem isso. Se conseguir a façanha de chegar pra decidir se classifica ou não no Morumbi contra eles, é fácil demais ocorrer mais uma vergonha em casa.

    Com esse futebol, entrada franca nos jogos ainda está saindo é caro pros torcedores.