Sextas Tricolores – O São Paulo Está Morto

84

Por Abrahão de Oliveira

Infelizmente, venho por meio desta, relatar o óbito do São Paulo Futebol Clube. Na última quarta, na arena do detestável rival, fomos totalmente humilhados, massacrados, ridicularizados e trucidados pelo time verde. Sofremos sem dó, jogamos sem raça e demonstramos ser apenas um amontoado de nomes que, um dia, já foram jogadores de futebol.

Pior do que isso, não jogamos bem contra NENHUM, vou repetir, NENHUM ADVERSÁRIO de qualidade em 2015. Fomos massacrados pelo Corinthians, pelo Palmeiras e pelo Santos que, nesse jogo, ironicamente, o “velho” Rogério nos salvou da humilhação.

Mas o que levou um time consagrado no cenário nacional, reconhecido no mundo e respeitado por TODOS a chegar ao fundo do poço? Eu aposto em alguns itens que explicarei mais abaixo:

Arrogância: Desde que conquistamos a Libertadores/Mundial e o Tricampeonato brasileiro na sequência, nos acomodamos. O apelido de “Soberano” subiu à cabeça da torcida e da direção. Passamos a acreditar que toda e qualquer atitude tomada pela diretoria do SPFC era para “o bem maior” e que éramos “visionários”. Além disso, com toda a arrogância de JJ, sua diretoria e, agora, com a arrogância de Aidar e parte de seus diretores, fomos passados para trás.

Não custa lembrar que perdemos o Morumbi para a Copa e o rival ganhou um estádio graças ao conchavo do Andrés e da arrogância do JJ.

Não adianta falar que isso não mudaria nada porque mudaria sim. Olha o quanto eles arrecadam com o estádio, tudo bem que vai para um fundo deles para pagar o Itaquerão, mas OLHA QUANTO DINHEIRO eles ganham. Sou capaz de apostar que eles pagam esse estádio brincando.

Olha o rival, o Palmeiras. Passou por anos e anos de vacas magras, inclusive com dois rebaixamentos, mas se ergueu. E não adianta falar que é passageiro, também. Não tocaram nas próximas cotas de TV, Arena nova com ALTÍSSIMAS RECEITAS e patrocínios master que, senão são os melhores do mundo, são significativos para o Brasil que cresce 0,1% ao ano, como divulgou o Estadão de hoje.

O que eu quero dizer com isso tudo? Será que não poderia ser o São Paulo a ter uma arena nova, patrocínios menores do que o desejado, mas úteis mesmo assim e arrecadando altos valores em bilheteria? Será que somos tão “superiores” assim? Será que o Aidar é tudo isso que propaga aos quatro ventos, atrasando salários e passando vergonha na mídia?

Passamos por uma crise de identidade que tem tudo para piorar. Temos jogadores CARÍSSIMOS que não rendem e o desenrolar da fase de grupos da Libertadores vem aí. Será que passamos? Eu não banco esse time.

Antigos Ídolos: Vou ter que tocar em um ponto delicado que, felizmente, mexe com a paixão dos torcedores. Eu digo isso desde que tenho esse belo espaço aqui na SPNet, mas parece que a torcida não me entende.

O São Paulo tem “antigos ídolos” DEMAIS em campo. Temos Muricy, Rogério, Fabiano e Ganso, quatro nomes que, querendo ou não, tem sua história no SP, mesmo que dois deles nem tenham conquistado grandes títulos pelo SPFC.

No lugar dessa diretoria, tomaria uma medida em caráter emergencial. Afastaria Fabiano e Ganso  que, claramente, não têm físico e motivação para atuar no tricolor e ficaria com RC e Muricy. Os dois, apesar das falhas recentes, têm potencial para dar a volta por cima. Uma coisa leva a outra.

O Muricy e o Rogério ajustando a zaga, fazem o time tomar menos pressão e, consequentemente, render mais. Ganso e Fabiano precisam de um choque de realidade e precisam, também, abrir espaço para os jovens. Boschilia, Centurión, Thiago Mendes, João Paulo, Ewandro e até mesmo o Kardec precisam de sequência. Mantenho minha teoria que o Kardec é inteligentíssimo e tendo segurança  e um bom time, ele vira goleador.

O São Paulo, além de turbulência, passa por um momento de escolhas. Dois dos quatro nomes que citei, estão para parar de jogar bola. Precisamos de espaço no ataque e o Fabiano, infelizmente, não tem mais condições.

O Sr. Paulo Henrique precisa repensar a carreira. Não é possível jogar com essa “vontade”. Está me dando NOJO ver esse cidadão em campo com a camisa 10 mais bela do futebol brasileiro. Se está insatisfeito, pede para sair que é mais digno ou, então, comece a se dedicar MAIS.

Corra mais, treine mais, fique mais forte, mais rápido e arranje outro “skill”. Jogador moderno só com uma habilidade, passe, não tem futuro. Ou aprende a chutar, se movimentar, driblar, correr, marcar ou estará fadado ao fracasso, seja no SPFC, seja em qualquer outro lugar.

Aidar e Sua Diretoria: Ao contrário do que muitos do torcedores dizem, sou a favor de apenas um membro dessa diretoria. Na verdade, dois: Ataíde e Gustavo. Os dois, em um trabalho MUITO BEM FEITO, conseguiram montar o time que o Muricy queria. Trouxeram todos os jogadores pedidos e, agora, blindam o elenco como podem.

Percebam que são sempre ELES QUEM FALAM com a imprensa depois dos vexames. Eles são tão bons que tiram TODA a pressão dos atletas que parecem conformados com tudo. Cadê o Sr. Fabiano justificando a “contratura”? Ganso, vamos falar do seu péssimo rendimento..o que acontece? E aí, querido Tolói, como você me arruma uma expulsão com 3 minutos? Rogério….não acha que vem falhando demais não? Onde estão esses jogadores?

Quanto ao nosso presidente, só lamentos. Comecei defendendo muito sua gestão, gostando de suas atitudes agressivas e defendendo o São Paulo, mas a longo prazo, isso se mostrou um GRANDE desastre. Vamos relembrar todos os “atos” dessa tragédia.

Aidar assume, rompe com Juvenal, chapela o Palmeiras com o Kardec e o Wesley e promete inovar com patrocínios rotativos e que alcançariam 40 milhões de reais. Um revolucionário do futebol! O que aconteceu?

Ele, de fato, rompeu com o JJ, trouxe Kardec e Wesley, “chapelou” em Thiago Mendes, Cafu e Carlinhos e só. Perdeu dinheiro, atrasou pagamentos, não trouxe patrocinadores master e ainda foi humilhado no caso Dudu. Mais do que isso, não conseguiu vencer clássicos com esse time e não RENOVOU o sócio-torcedor do SPFC.

Além do mais, o Paulo Nobre ainda ironizou o presidente tricolor ao falar da Crefisa e da Prevent Senior. Querendo ou não, os caras têm a camisa mais cara do Brasil e o sócio-torcedor cresce a cada dia. Uma derrota retumbante. Um combo histórico.

A Solução: Pensar no SPFC e deixar o ego de lado. Afastar os jogadores desinteressados, mesmo que isso doa muito no coração dos torcedores. Tiremos Bruno, Ganso, Denílson, Fabiano e todo e qualquer outro jogador que não esteja correspondendo.

Temos ÓTIMOS atletas na reserva. Hudson, Boschilia (que calou a boca desse colunista), Thiago Mendes, Auro (já que o titular é um lixo, apostemos no nosso menino), Centurión, João Paulo e Kardec. Coloquem quem quer correr, quem vai dar o sangue, quem vai recuperar o nosso respeito.

Não dá para aceitar mais esse time omisso, covarde e que entra derrotado em clássicos. O São Paulo é MUITO MAIOR que isso. A diretoria, também, precisa ser mais humilde. É melhor um pequeno patrocínio do que um NÃO patrocínio.

Ajudem a torcida a ajudar o time. Baixem os ingressos, aumentem a arrecadação, parem de atrasar salários, negociem os encostados. São coisas simples que um torcedor comum e amador, como eu, consigo enxergar e propor sem maiores dificuldades.

Vamos, São Paulo!

TEMOS QUE NOS REERGUER!

Saudações Tricolores!

Contato?

@Abroliveira ou [email protected]

Abrahão de Oliveira é jornalista, formado pela Universidade Metodista de São Paulo, são-paulino e tem o sonho de cobrir um mundial de clubes com o São Paulo e quer muito ter um Opala SS laranja.

ATENÇÃO: O conteúdo dessa coluna é de total responsabilidade de seu autor, sendo que as opiniões expressadas não representam necessariamente a posição dos proprietários da SPNet ou de sua equipe de colaboradores.

 

8 COMENTÁRIOS

  1. Essa idolatria pelo Mum-ra passa do ridículo.

    De que adianta afastar o Pipoca e o Gansono e continuar com o Mum-ra e com o Boneco de POsto?

    Esse goleiro aposentado representa nossa atual situação, nossos adversários vibram em saber que esse escroto defende nossa meta, sabem que se chutar bem a bola entra, nossos adversários sabem que não temos tática, temos um monte de jogadores atuando como peladeiros por falta de treinador.

    Se é para fazer a faxina, comecem pelos dois maiores lixos atuais

  2. Essa renovação precisa ser feita com urgência. Concordo. Quanto ao Rogério, sabemos que encerrará a carreira no meio do ano, pois não venceremos a Libertadores. Então, não é questão de muito o que se falar a respeito. Agora o que eu tenho notado a muitos anos e que agora se escancarou é a falta de ambiente no Morumbi. Nosso tão querido estádio separa e desune a nossa própria torcida. desde que que colocaram aquelas horríveis grades nas arquibancadas, acabaram com a pressão que nossa torcida exercia em casa… Me digam uma coisa: Para que separar a torcida do São Paulo em sua própria arquibancada? Por que não deixar as organizadas se afastarem mais umas das outras e, com isso, “espalhar” mais as cantorias por todo o estádio (por que, convenhamos, não se pode esperar muito dos setores vermelho, amarelo e azul se têm seus gritos sempre abafados pela laranja). Grades servem pra separam os visitantes. Os anéis inferiores já tem seus setores separados por preços e “comodidade”, mas a arquibancada do Morumbi não deve ser usada pra cobrar mais caro de “azuis ou vermelhos”. A Torcida é uma só!!! Não criaram o logo “Uma só Torcida”?! Então. Comecem e olhar também o que está havendo com a torcida, que sofre de todo jeito pra empurrar esse time, que não está devolvendo em campo e com essa diretoria que só pensa em cobrar mais caro e mais caro. Voltem as arquibancadas para como era!!!

  3. Concordo com tudo. Apenas discordo, em parte, da análise sobre Rogério Ceni. Concordo que ele não é e nem poderia ser, o goleiro de algum tempo atrás, mas longe está de ser o responsável pelo fracasso do time em 2015. Não houve uma só derrota nos clássicos que se possa atribuir a ele a culpa pelo resultado final. Pode ter falhado em um gol ou outro, mas não foi a atuação dele que levou o time à derrota. Como você defende e estou de pleno acordo, foi a apatia generalizada, com raras exceções, que nos levou ao fracasso. Não é possível que todo mundo ou quase todo mundo que vive no meio do futebol esteja equivocado quanto a isso, porque não há restrições à atuação dele pelos profissionais que trabalham no futebol, com raras exceções. Só acho que a longevidade dele impede a renovação no gol do S. Paulo, mas neste momento é preferível ele a qualquer um dos que figuram na reserva, porque francamente, pretender que o Denis seja o substituto e que esteja à altura do time é ir um pouco longe demais. Os demais ainda são muito jovens para qualquer análise.

  4. Deixar quem???
    O maior frangueiro da historia do SP???

    Menos cara…. Se quer mudança tem que começar por RC, LF e Denilson…

    Depois, sem esses caras em campo vc pode mexer com Ganso e Cia…

    Time ideal no momento:
    Renan (mesmo sem ter jogado um único jogo pelo SP, pior que Ceni eu DUVIDO).
    Bruno, Toloi, Doria, Carlinhos
    Hudson e Thiago M.
    Michel , Ganso e Boschilla.
    Pato.

    Tai, escala esse time q eu duvido jogar tão mal quanto jogou…
    Quando Rodrigo Caio tiver bom ele ganha vaga de volante no lugar do q se destacar menos.

  5. Vamos lá.. concordo com algumas coisas que vc falou no texto …
    mas vou só nos pontos que discordo…

    Rogério Ceni … eu era a favor da permanência dele até ano passado ..agora já deu ..está manchando sua história … tem que deixar os outros jogarem

    Muricy … gosto dele por ser são paulino e sério ..mas dps que levou aquela peaba do barcelona, acha que o futebol é tocar a bola na zaga … ele esquece que o barça jogava daquela maneira, mas possuía jogadores que desequilibravam no individual (messi, iniesta, xavi, etc..) ..
    Ele parou no tempo ..e se vc analisar bem, a grande maioria dos seus títulos foi pegando time montado …
    Aliás, é culpa direta dele o time não ter raça e não jogar bem …a contratação desses dois laterais péssimos foi pedido dele … kardec tbm ..

    Kardec. .. esse cara não sabe nem correr ..corre parecendo um pato ..domina a bola pior que o Luis fabiano (olha que é dificil isso hein)… onde vc vê futebol nesse cara?

    eu acho o pipoqueiro menos pior que ele por um único fato … o pipoca pega menos na bola que o Kardec ..consequentemente destrói menos jogadas…