Jogadores exaltam reação, mas Osório aponta pressão “desnecessária” no fim

40

UOL

Antes de bater o Grêmio por 2 a 1 em Porto Alegre neste domingo, o São Paulo vinha de uma derrota por 3 a 0 diante do Santos na Vila Belmiro. De acordo com o atacante Alexandre Pato, a reação entre uma partida e outra começou com a preleção do técnico Juan Carlos Osório.

“Ele sabia que o jogo contra o Grêmio era importante. Ele pediu que a gente marcasse o Grêmio lá em cima. A torcida aqui é muito emotiva. Ela ajuda, mas também critica. A gente sabia disso, pressionou e conseguiu os gols”, disse Pato.

Publicidade

O volante Wesley, que entrou no segundo tempo da partida de Porto Alegre, relacionou o reencontro do time com o bom futebol ao comandante. “O Osório foi feliz hoje mais uma vez, e nós só temos a comemorar, pois vínhamos de uma derrota complicada. Hoje foi uma vitória muito boa para a gente seguir em frente”, comentou.

Após a derrota para o Santos, Osório criticou publicamente o desempenho da equipe. Chegou até a afirmar que nenhum dos seus jogadores teve boa atuação naquela partida. Neste domingo, ao comentar a vitória sobre o Grêmio, ele defendeu o seu direito de criticar o elenco quando bem entender e falou sobre a conversa nos vestiários citada por Pato.

“Sempre assumo a responsabilidade pela escalação do time. Mas, quando nosso time treina todos os dias para passar a bola, trabalhá-la, controlar o jogo com a movimentação dela e não faz nada disso, acredito que tenho direito de expressar o meu descontentamento. Na preleção de hoje, como sempre acontece, falei com honestidade e clareza que esse era um jogo importante para mostrar a recuperação do time”, contou.

Apesar de ter elogiado a atuação do time como um todo neste domingo, Osório não gostou do que viu nos minutos derradeiros. Principalmente depois que o Grêmio descontou no placar com gol de Everton.

“Acredito que tomamos decisões erradas no fim, então o resultado parece apertado, mas achei que a pressão que tomamos foi desnecessária. Trabalharei para corrigir isso, para que possamos melhorar neste aspecto”, observou o técnico.

1 COMENTÁRIO

  1. Melhor coisa que nos aconteceu nos últimos anos, a contratação desse kara, se não fosse por ele, talvez estaríamos no lugar do Vasco na tabela, pelo tanto de problemas que tivemos devido a essa diretoria inútil, deixem o Kara trabalhar que tenho certeza voltaremos aos bom tempos!! O kara manja muito!!