Rogério Ceni não treina e tem poucas chances de enfrentar o Figueirense

26

GloboEsporte.com

Marcelo Prado

Goleiro ainda reclama de dores no tornozelo e corre contra o tempo para poder disputar sua última partida no estádio do Morumbi como profissional, no sábado

A despedida oficial de Rogério Ceni do estádio do Morumbi está cada vez mais difícil de acontecer. É pequena a chance de o goleiro e capitão do São Paulo estar em campo na partida deste sábado, contra o Figueirense, às 17h, pelo Campeonato Brasileiro.

Nesta quinta-feira, a previsão dos médicos era de que o jogador fosse a campo para fazer uma avaliação no gramado, mas ele sequer deixou o Reffis. Continuou fazendo tratamento médico, já que ainda reclama de muitas dores no tornozelo direito, lesionado no dia 28 de outubro.

– Eu diria que as chances são poucas. É muito pouco provável que o Rogério Ceni jogue no sábado. Ele tem tentado, feito tudo que é possível, mas não consegue treinar. Por isso, acho que não joga. Nosso trabalho agora é para que ele jogue contra o Goiás – disse o médico José Sanchez, em entrevista à rádio “Bradesco”.

 Com números ruins, Carlinhos diz não se sentir em dívida com São Paulo

Rogério Ceni São Paulo (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)
Rogério deverá perder último jogo do ano no Morumbi (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)

O camisa 1 se machucou no clássico contra o Santos, na Vila Belmiro, pela semifinal da Copa do Brasil e, desde então, tem feito tratamento em dois períodos, inclusive aos domingos, para se recuperar. A previsão inicial era de que ele perdesse as partidas contra Sport e Cruzeiro, mas ele completou contra o Corinthians o quarto jogo ausente, já que também não enfrentou o Atlético-MG.

A expectativa de todos era de que o goleiro pudesse atuar diante dos catarinenses para se despedir como profissional do estádio do Morumbi. Se ele não atuar, seu último jogo terá sido a derrota para o Santos por 3 a 1, pela Copa do Brasil, no dia 21 de outubro. Restaria ainda a partida do dia 6 de dezembro, contra o Goiás, no Serra Dourada, para Rogério Ceni se aposentar.

QUEM JOGA? Milton Cruz faz treino com 12 titulares e mantém dúvida no São Paulo

Vale lembrar que, após o encerramento do Campeonato Brasileiro, o goleiro ainda terá o jogo oficial de despedida, em amistoso marcado para o Cícero Pompeu de Toledo entre os campeões mundiais de 1992 e 1993 contra os vencedores do torneio de 2005.

2 COMENTÁRIOS

  1. Pois é Mum-ra, poderia ter parado por cima como um grande ídolo, mas a ganância e arrogância fizeram com que vc parasse como um mico, uma verdadeira piada.

    Adeus estrume, acabou finalmente, logo voltaremos a ser grande de novo e VC será esquecido.

    Faz feito o Romário, se candidata a deputado ou senador, só assim para continuar na mídia.

    É como um sonho, é como um sonho, aposentou o frangueiro, suma daqui seu frangão