Segundas Tricolores – E 2015 Acabou!

57

Não tenho pudor e dúvida nenhuma em afirmar que, o ano de 2015, foi o pior da história do São Paulo Futebol Clube. Tivemos escândalos políticos como nunca, nosso time capengou, dependemos de jogadores sem raça alguma e, ainda por cima, vimos nossos rivais comemorando títulos.

Apesar de toda essa instabilidade, de todos os problemas e de toda a “secação” por parte dos outros, chegamos à nossa 18ª Libertadores. Mesmo essa vaga “salvando” esse ano, nós não podemos nos contentar com esse tipo de “prêmio”.

O São Paulo merece muito mais. Somos gigantescos dentro dos nossos domínios e respeitadíssimos fora do nosso país. A gestão do novo presidente, Leco, precisa ser voltada à modernização, profissionalização e responsabilidade com nossos escassos recursos. É o momento de buscar alguém que entenda de futebol para conduzir nossa equipe, trazer jogadores comprometidos com a vitória e pessoas que entendam a dimensão que esse clube tem, merece e precisa ter para 2016.

Essa vaga veio no sangue, com um pouco de sorte e com a camisa do SPFC. Que o time montado para o ano que vem entenda que não vamos entrar para participar. Não é aceitável entrar para cair na pré-Libertadores ou na fase de grupos. Os 11 que iniciarem a busca pelo tetra precisam entrar com fome, com vontade de vencer e com o objetivo de não deixar o adversário ganhar 1 cm do nosso campo.

Esquecendo um pouco da Libertadores e olhando para o futebol nacional, eu quero os clássicos. Quero devolver as goleadas que tomamos. O sentimento que tem que existir no campo é o de vingança. Os nossos três rivais nos feriram mortalmente, nos golearam impiedosamente e nos humilharam em todos os sentidos. Em 2016 eu, como torcedor, exijo o comprometimento MÁXIMO nessas partidas. Não importa se é Paulista, Libertadores, Copa do Brasil, Sul-Americana ou Brasileiro. Quero TODAS as vitórias. Sangue nos olhos, raça e dedicação. É o mínimo que nossa torcida merece por tudo que passamos nesse 2015.

Enfim, quem será o comandante? Acompanhando as redes sociais vejo uma movimentação considerável por parte da torcida pela chegada de Fernando Jubero, técnico do Guaraní-PAR, que eliminou o Corinthians da Libertadores.

Esse comandante, apesar de jovem, teve uma experiência na base do poderoso Barcelona e montou um time com poucos recursos, apostando nos jovens e conquistando resultados significativos para a realidade daquela equipe. Apesar de promissor, não sei se para o nosso atual momento seria a escolha ideal.

Técnico novo, estrangeiro, não conhece o futebol brasileiro, temos Pré-libertadores pela frente e precisamos reformular todo o elenco. Vai ser um trabalho duro, complicado e que vai exigir muito tato e preparação do novo comandante. Lembra quanto tempo o Osorio demorou para se adaptar ao nosso futebol? Será que a torcida vai ter paciência com mais um gringo? Complicada a decisão.

Eu, no lugar da diretoria, tentaria o Levir ou o Cuca. Caso as negociações não dessem certo, talvez (não estou pedindo, estou imaginando um cenário, antes que comecem as cornetadas) até o Jorginho, do rebaixado Vasco, possa ser uma boa opção. Ir mais, além disso, no mercado nacional me parece aposta tanto quanto o Jubero.

No caso da falha desses três, apostaria no gringo. Espero descobrir em breve quem seja o nosso técnico. Uma última observação sobre o assunto é que eu fico REALMENTE feliz em ver que ninguém, sequer, falou em Luxemburgo até o momento. É um alívio. Que o “pofexô” apodreça na China e não venha sujar o maior clube do país!

Falando das nossas redes e a título de registro, temos, nesse momento:

6.340.699 curtidas no Facebook
246.486 inscritos no canal do YouTube
2.737.215 seguidores no Twitter
676.394 mil seguidores no Instagram

Ajude! Se inscreve nos canais, curta a página, siga o Instagram e vamos tornar o SPFC forte, também, na área digital e social!

FORÇA TRICOLOR!

Contato?

@Abroliveira ou [email protected]

Abrahão de Oliveira é jornalista, formado pela Universidade Metodista de São Paulo, são-paulino e tem o sonho de cobrir um mundial de clubes com o clube. 

ATENÇÃO: O conteúdo dessa coluna é de total responsabilidade de seu autor, sendo que as opiniões expressadas não representam necessariamente a posição dos proprietários da SPNet ou de sua equipe de colaboradores.

7 COMENTÁRIOS

  1. Ótimo texto! Eu apostaria em Cuca ou Levir mesmo. Também quero vingança nos clássicos… Lembro que nos bons tempos do Muricy entre 2006 e 2008 praticamente não perdíamos clássicos… Os caras corriam…

  2. Um excelente nome para nossa zaga, é do Alex Silva, que está treinando sozinho e jogará o Campeonato Paulista. Não tem o nome que o Lugano carrega, mas ainda tem 30 anos e pode ser aproveitado muito bem em uma defessa com Lucão, Rodrigo Caio, Edson Silva e etc….
    Não frequenta mais as noites e está treinando forte…!
    Com salário baixo e sem investimento para a compra!!!

  3. O pior ano do s. Paulo foi 2014 quando tínhamos uma anta como técnico e o velho frangueiro e o pipoca como titulares absolutos. Com tudo que sofremos neste ano tivemos um alento com Osorio que mostrou como ser técnico e nos classificamos para a libertadores.

  4. Apesar de toda a draga de 2015 temos grandes motivos para festejar, aposentou a Múmia, saiu o Pipoca, estamos na libertadores.

    Agora tem que fazer uma Faxina geral, dispensar como nunca antes as aconteceu.

  5. Ainda acho o Fernando Jubero um bom nome, mas o Cuca é muito bom também. Já o Levir não tem o histórico vencedor e não é o mais atualizado. Deixaria de fora. O Sampaoli seria ótimo, mas não deve vir.
    É importante fechar logo para já montar o time.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor entre com seu comentário!
Entre seu nome aqui

19 − dezoito =