Thiago Mendes não se vê como ídolo tricolor e lamenta 2015 sem títulos

46

GazetaEsportiva.net

Thiago Mendes foi um dos destaques tricolores em 2015 (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)
Thiago Mendes foi um dos destaques tricolores em 2015 (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

Thiago Mendes está com moral no Tricolor. Sendo um dos destaques da equipe em 2015, o volante teve 40% de seus direitos econômicos adquiridos pelo São Paulo, que agora tem 80% do atleta de 23 anos. Apesar das boas atuações e de ser titular absoluto sob o comando do técnico interino Milton Cruz, o camisa 23 manteve os pés no chão e rechaçou a possibilidade de já ser ídolo no Morumbi.

“Não me considero um ídolo da torcida. Na verdade, não estou nem perto disso. Ídolo tem que conquistar títulos e deixar o seu nome marcado, algo que eu ainda estou buscando aqui”, disse Thiago. Na verdade, no elenco são-paulino, quase a totalidade do grupo ainda está em busca de sua primeira conquista pelo clube, para deixar seu lugar marcado na história.

Nos últimos sete anos, o único troféu levantado pelo Tricolor foi a Copa Sul-Americana de 2012 e, daquele time que venceu o Tigre por 2 a 0 na final do Morumbi, apenas Ganso, Rodrigo Caio e Dênis, todos reservas, estavam presentes. Além do trio, Rogério Ceni e Luis Fabiano também fizeram parte da conquista, mas deixaram o Tricolor ao final deste ano.

Thiago Mendes sente a falta de conquistas, mas espera que em 2016 as taças voltem ao Morumbi. “Não foi o ano que eu esperava, passamos por muitas coisas fora de campo e não deu para conquistar uma taça para essa torcida. Para 2016, o objetivo não só meu, mas de toda a torcida, é de retomar o caminho das taças porque um clube como o São Paulo não pode passar mais de dois anos sem título”, finalizou.

1 COMENTÁRIO