Com sete zagueiros, São Paulo tenta formar dupla ‘vencedora’ após apostas frustradas

83

ESPN.com.br

Patrick Mesquita

SERGIO BARZAGHI/Gazeta Press

Zagueiro Maicon foi apresentado no CT da Barra Funda
Zagueiro Maicon foi apresentado no CT da Barra Funda 

Apresentado nesta quinta-feira (18) pelo São Paulo, Maicon virou o sétimo zagueiro no elenco tricolor. Emprestado pelos portugueses do Porto até o dia 30 de junho, o atleta se junta a Diego Lugano, Lucão, Rodrigo Caio, Luiz Eduardo, Lyanco e Breno no setor. Com um grande número de defensores, o técnico Edgardo Bauza tem como desafio encontrar uma dupla ideal para o time, o que tem sido raridade nos últimos anos.

Desde 2012, quando venceu a Copa Sul-Americana com Rodolpho e Rafael Tolói, o clube tricolor passa por dificuldades para formar uma cabeça de área consistente e que convença o torcedor são-paulino. Pior do que isso, as contratações realizadas não deram certo.

Publicidade

Mesmo no ano do último título conquistado, o São Paulo teve apostas “contestáveis”, caso de Paulo Miranda e Édson Silva, que não caíram nas graças da torcida.

Já 2013 começou com uma grande esperança: Lúcio. Experiente e com vasta passagem pela Europa, o zagueiro chegou para ser o “xerife” na defesa, mas acabou afastado do elenco e fora dos planos antes mesmo do meio da temporada. Roger Carvalho, que veio por empréstimo depois de um período na Itália, foi outro nome que não surtiu efeito na época.

Em 2014, o São Paulo não trouxe ninguém para a posição e viveu um bom momento no segundo semestre, quando fez uma campanha sólida no Campeonato Brasileiro e terminou com o vice-campeonato. Naquela ocasião, Tolói e Edson Silva se destacaram na defesa.

Só que a solidez não continuou no ano seguinte, e o clube tricolor voltou a oscilar na zaga. Assim como Maicon, Dória veio por empréstimo para atuar apenas no primeiro semestre. No entanto, lesões e um desempenho abaixo do esperado não fizeram com que o zagueiro deixasse saudade no Morumbi.

Com a saída de Dória e a chegada de Juan Carlos Osório no comando técnico, veio a necessidade de contratar um atleta para o lado esquerdo da defesa. Foi assim que Luiz Eduardo, que até então estava no São Caetano chegou ao elenco. Com vínculo de curta duração, o jogador também encarou lesões e deve permanecer no time tricolor até se recuperar de uma artroscopia no joelho esquerdo.

Para esta temporada, o São Paulo apostou no retorno de Diego Lugano e Maicon para “colocar ordem” no setor. Logo na apresentação, o reforço que veio do Porto disse que pretende permanecer até o fim do ano e que vai brigar para ser titular.

“Vim para somar, para brigar por vaga com todos. Eu quero jogar, claro. Vou dar o meu melhor para jogar nesta equipe”, declarou.

Edgardo Bauza deve começar a analisar a formação ideal da defesa tricolor na manhã desta sexta-feira (19). O clube fará um treinamento fechado no CT da Barra Funda pensando na partida contra o Rio Claro, que acontece no domingo, pelo Campeonato Paulista.