Atacante elogia contratação de “Kelvin destro” e exalta união tricolo

110
Gazeta Esportiva
O atacante peruano Christian Cueva fez belo gol no empate com o Equador na Copa América (Foto: Alfredo Estrella/AFP)

Razão pela qual Luiz Antônio da Cunha deixou a diretoria de futebol, a contratação de Christian Cueva é vista com bons olhos por Kelvin. O ex-Toluca chamou atenção do São Paulo durante os confrontos pelas oitavas de final da Copa Libertadores da América, principalmente no jogo de volta, no México, onde o Tricolor se classificou mesmo com a derrota por 3 a 1. Na última quarta-feira, inclusive, o atacante da seleção peruana foi ator de um golaço no empate por 2 a 2 com o Equador, pela Copa América Centenário, nos Estados Unidos.

Identificado pelo departamento de análise de desempenho do clube paulista como um jogador capaz de executar dribles em espaço curto e jogadas pelos lados do campo, Cueva tem características semelhantes às do atual camisa 30 são-paulino. Desta forma, a comparação rendeu dentro do clube a alcunha de “Kelvin destro” ao novo reforço tricolor.

“Acabei vendo. Acho legal, é um grande jogador, não por ser o Kelvin destro, mas é um grande jogador (risos). Nos deu muito trabalho nesta Libertadores, jogador que vinha para cima, incomodava. Uma grande contratação para o São Paulo”, avaliou o Kelvin canhoto durante entrevista coletiva concedida na última quinta-feira, no CCT da Barra Funda.

Autor de dois gols com a camisa do São Paulo, o jogador ex-Palmeiras ainda comentou o crescimento da equipe em paralelo à sua evolução na atual temporada. Kelvin atua na condição de titular desde a acachapante vitória por 6 a 0 sobre o Trujillanos, da Venezuela, em duelo válido pela fase de grupos da Libertadores. O atleta preferiu ressaltar a união do grupo e o aspecto coletivo em vez de condicionar a melhora de desempenho do Tricolor à sua entrada no time principal.

“Demos uma crescida, mas não só depois que eu entrei, foi uma mudança em geral, todos os jogadores compraram uma ideia quando paramos para pensar e vimos que não estava dando certo, que precisávamos pôr as coisas em ordem. Todo mundo começou a se ajudar”, explicou.

Com dez pontos somados em seis rodadas, o São Paulo ocupa a sexta posição do Campeonato Brasileiro. O próximo compromisso será o Atlético-PR, neste sábado, às 21 horas (de Brasília), no Morumbi.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor entre com seu comentário!
Entre seu nome aqui

9 + catorze =