Com camisa e Morumbi, São Paulo quer chegar a R$ 30 mi de patrocínio

240

Marcelo Prado – GloboEsporte.com

O acordo com a Prevent Senior fez o São Paulo interromper um período de quase dois anos sem patrocinador principal. E mostra que o clube começa a se reerguer após todo o caos político vivido no ano passado, que culminou com a renúncia do então presidente Carlos Miguel Aidar. Os planos são audaciosos em termos de patrocínios: arrecadar R$ 30 milhões, o que seria um valor recorde para o clube.

Camisa São Paulo Patrocinador Prevent Senior (Foto: Marcelo Hazan)Acordo com a Prevent Senior vai render ao clube a quantia de R$ 25 milhões por 19 meses (Foto: Marcelo Hazan)

Embora os cartolas não tenham divulgado o valor oficial do acordo, a Prevent Senior pagará R$ 25 milhões para expor sua marca na camisa tricolor até dezembro de 2017. A empresa descontará R$ 2,5 milhões de comissão para quem intermediou a negociação. Os R$ 22,5 milhões restantes darão ao clube uma cota mensal de R$ 1,18 milhão. O GloboEsporte.com apurou que os outros parceiros (Rock and Ribs, Gatorade, FIAP, Joli e Copa Airlines) renderão a quantia de R$ 12 milhões por ano.

Mas o clube quer mais e ainda negocia com outras empresas dois espaços que estão sobrando no uniforme: mangas e omoplata. Além dos acordos, que ajudam o time a respirar financeiramente, o que deixa todos felizes no São Paulo é que os problemas ficaram para trás. A equipe voltou a ter crédito na praça e a ser vista como um bom investimento, situação que era impossível há um ano, quando o clube era visto como um celeiro de problemas.

Um exemplo disso foi a confusão vivida com a Under Armour, empresa que fornece material esportivo. No auge dos problemas políticos, a empresa pensou em rescindir o contrato porque estava sentindo que sua imagem estava sendo prejudicada. Foi um dos primeiros problemas que o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva e sua nova diretoria tiveram de resolver.

– Era natural que, pela crise que o clube vivia, os parceiros ficassem incomodados, mas conseguimos resgatar a confiança. Nem esperava uma resposta tão positiva em tão pouco tempo. O nosso trabalho é de reconstrução, de resgate da credibilidade do clube. O foco hoje no São Paulo é entregar mais do que promete aos parceiros. Todos estão muito satisfeitos. É fato que mudamos nossa imagem no mercado – comemorou o diretor de marketing, Vinícius Pinotti.

Além do patrocínio de camisa, o estádio do Morumbi também renderá novas receitas ao São Paulo. O clube está perto de inaugurar mais dois estabelecimentos no local: um bar temático e um restaurante de comida árabe.

– Queremos dar nova vida ao estádio do Morumbi durante o dia. Teremos o bar e o restaurante e ainda estamos com muitas ideias. O importante é que estamos sempre em busca de alternativas – ressaltou o dirigente são-paulino.