Maicon fica no São Paulo? Entenda como está a complicada negociação

272

Marcelo Hazan e Marcelo Prado – GloboEsporte.com

Maicon São Paulo (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)Maicon fez o gol que colocou o São Paulo na semifinal da Libertadores (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)

A cada dia que passa a torcida do São Paulo fica mais preocupada com a possibilidade de o zagueiro Maicon não estar em campo na semifinal da Taça Libertadores da América, contra o Atletico Nacional, da Colômbia, a partir de 6 de julho, no Morumbi.

Com vínculo somente até 30 de junho, o defensor espera que o Tricolor se acerte com a diretoria do Porto, clube que detém seus os direitos econômicos.

A negociação, porém, não é simples. O atleta tem passaporte comunitário, e o clube português quer vendê-lo no mercado europeu na próxima janela de transferência.

Abaixo, o GloboEsporte.com mostra como está a complicada negociação pelo jogador, que fez o gol que colocou o São Paulo na semifinal da Libertadores, contra o Atlético-MG.

PORTO TOPA NEGOCIAR?

A ideia do Porto é vender Maicon na Europa para arrecadar mais do que o São Paulo pode pagar. O zagueiro tem valor estipulado entre € 6 milhões (R$ 24 milhões) e € 7 milhões (R$ 28 milhões). O Tricolor quer diminuir a pedida dos portugueses oferecendo atletas da base. Inicialmente, segundo o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, o Porto falou no zagueiro Lyanco e no meia Lucas Fernandes, mas o Tricolor não quer se desfazer desses dois atletas. Pensou-se então no lateral-esquerdo Inácio, alvo dos portugueses recentemente. O São Paulo, por sua vez, tenta incluir o zagueiro Lucão. As negociações continuam.

PRESIDENTE OTIMISTA

Carlos Augusto de Barros e Silva, Leco, presidente do São Paulo (Foto: Marcos Bezerra/Futura Press)Carlos Augusto de Barros e Silva, Leco, presidente do São Paulo (Foto: Marcos Bezerra/Futura Press)

Leco passa uma mensagem de otimismo quando fala sobre o assunto. Ele deixou claro que se tornou uma questão de honra contratar o jogador que virou ídolo da torcida em apenas três meses. Inclusive, em recente entrevista à ESPN, o presidente chegou a prometer a contratação do defensor.

Com o dinheiro do contrato da TV e dos novos patrocinadores, o dirigente acredita ser possível fazer um sacrifício para segurar o atleta no Morumbi. Esse otimismo é compartilhado pelo técnico Edgardo Bauza.

DIRETOR CAUTELOSO

Quem cuida da negociação é o diretor executivo do clube, Gustavo Vieira de Oliveira, bem mais cauteloso no pouco que fala sobre o assunto. Tido como bom negociador, ele diz que é hora de trabalhar em silêncio. Quando questionado sobre as chances de a negociação dar certo, ele é mais cauteloso do que o presidente, até para não criar falsas expectativas na torcida são-paulina.

Gustavo esteve em Portugal duas vezes para conversar com a diretoria do Porto. A negociação, no entanto, é atrapalhada pelas mudanças no clube português, que recentemente passou por eleição presidencial. Para complicar ainda mais, o clube está trocando seu treinador e o novo comandante, Nuno Espírito Santo, não deixou claro se gostaria de contar com o jogador.

EMPRESÁRIO VAI-E-VEM

Recentemente, o empresário do atleta, Antônio Araújo, deu uma entrevista ao GloboEsporte.comdizendo ser muito difícil a permanência de Maicon no Morumbi. O agente afirmou que o Porto não aceitaria um novo empréstimo e a meta era negociá-lo no mercado europeu. Ele informou ainda que em nenhum momento foi procurado pela diretoria tricolor para conversar. Nesta semana, porém, a versão do agente mudou. Ele agora diz que fala com o Porto na tentativa de satisfazer as vontades de Maicon e do São Paulo de manter o zagueiro no Morumbi. O Tricolor, por sua vez, não se influencia pelas ações e declarações do empresário. O clube acredita que o agente não tem poder de mudar o rumo das conversas.

MAICON QUER FICAR, MAS NÃO INTERFERE

Maicon deixou claro ao seu empresário que a prioridade é ficar no São Paulo. Mas não vai interceder na negociação, nem forçará uma saída do Porto, por respeito pelos anos vividos no clube português. O jogador não quer se indispor com diretoria e torcida do Porto. Ele continua concentrado na disputa do Campeonato Brasileiro esperando que haja uma definição o mais rápido possível.

Maicon São Paulo (Foto: Igor Amorim/saopaulofc.net)No clube desde fevereiro, Maicon já virou ídolo da torcida tricolor (Foto: Igor Amorim/saopaulofc.net)