Pedro Cuenca

219

ESPNFC.com

Pedro Cuenca

Já assistiu a algum filme de ficção científica americano em que o mundo está prestes a acabar, todo mundo corre desordenado e uma sequência de desastres acontece até tudo ruir? Então, o pior está por acontecer no Morumbi: Maicon não deve renovar com o São Paulo.

Eu já esperava por isso. O clube ainda luta para ficar com o atleta, pelo menos até o fim da Libertadores. A torcida, no entanto, já deve se preparar para a saída do zagueiro, enquanto o clube estuda as opções no elenco e até mesmo sonda o mercado – nacional e estrangeiro – para procurar uma solução mais barata.

 

Rubens Chiri / São Paulo FC

Rubens Chiri / São Paulo FC
Fica, Maicon, por favor!

 

No elenco, o Tricolor tem Lugano como primeira opção para jogar ao lado de Rodrigo Caio. Como vocês sabem, e amam pegar no meu pé, não aprovo a utilização do jogador, ainda mais em uma partida que exigirá muita velocidade e força física de todos os atletas. Se o uruguaio for a opção utilizada por Bauza, acredito que algum volante ficará para fazer a sobra, principalmente Hudson.

Lucão é uma outra opção no time, mas sabemos que ele não deve aparecer na escalação titular nem pintado de ouro (ou fantasiado de Baresi). Lyanco pode ser uma alternativa, não? O jogador era almejado pelo Porto, mas o São Paulo insiste em não utilizá-lo com mais frequência. Pode ser uma arma para este jogo.

O Tricolor ainda pode buscar opções no mercado. Aqui no Brasil, no entanto, não há um jogador que faça os olhos brilharem e que possamos buscar. Na América Latina, porém, existem jogadores que podem fazer o time melhorar, mas a maioria dos bons defensores já atua na Libertadores e de nada adiantaria. Na Europa? Talvez.

A certeza mesmo é que Maicon não deve ficar no time. O planejamento semestral do São Paulo vai castigar o time mais uma vez, assim como em 2006, quando pegou Ricardo Oliveira por empréstimo por apenas alguns meses e o perdeu para a grande decisão da Libertadores. O clube precisa definir se quer reforços que tenham chance de ajudar o clube por um longo período ou apenas se reforçar por alguns jogos.

A vida vai seguir, no Morumbi e em Portugal, cada um de um lado da história. Foi bom enquanto durou, Maicon, obrigado por nos ajudar tanto, mas parece que o fim chegou. Vai ser difícil, mas vamos nos recuperar. E com sua torcida, vamos chegar mais longe.