Torcedores invadem CT do São Paulo, agridem atletas e roubam uniformes

264

UOL, em São Paulo

A má fase vivida pelo São Paulo fez com que torcedores fossem ao Centro de Treinamento do clube na manhã deste sábado para protestar contra atletas e dirigentes. Durante a ação, alguns jogadores foram agredidos e materiais de treino acabaram roubados por integrantes de uma torcida organizada.

Após reunirem-se na entrada do local, um grupo de torcedores conseguiu invadir o CT do clube. Para entrar, o portão de entrada foi aberto a força. Dessa forma, um dos campos do local foi completamente tomado.

Alguns jogadores atenderam os torcedores, entre eles Lugano e Maicon. Carlinhos e Wesley foram duramente criticados pelos protestantes. Michel Bastos, outro atleta que já sofreu com as críticas dos torcedores, também foi hostilizado. Durante a cobrança, houve socos e pontapés.

Publicidade
Vinicius Laureano/arquivo pessoal

Torcedores invadiram Centro de Treinamentos e roubaram uniformes de treino

Os torcedores que entraram no local pediram “respeito à camisa do clube” e cobraram uma posição do presidente do clube, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco. Após a invasão, dez uniformes de treino do São Paulo foram roubados pelos organizados, além de 14 bolas e um galão.

Após conversarem com outros atletas, como Hudson, os torcedores foram colocados para fora do CT por seguranças do clube. O grupo, porém, seguiu protestando na entrada do local.

O São Paulo foi derrotado pelo Juventude na última quarta-feira, no Morumbi, em jogo válido pelas oitavas de final da Copa do Brasil – para avançar, a equipe tricolor terá de buscar a virada em Caxias do Sul. No Brasileiro, o time do técnico Ricardo Gomes ocupa a 11ª colocação, com 27 pontos em 21 rodadas,

4 COMENTÁRIOS

  1. Ainda bem que não estamos no sabado de aleluia, senão quem tinha que ser sacrificado era o Judas Denis que foi o responsável pela derrota para o Figueirense.

  2. Na verdade tá td mundo errado. Se a torcida não respeita o próprio time, vaiando-o dentro de campo durante jogos, imagina esses indivíduos ditos profissionais que só estão preocupados com a “independência financeira”. Eu quero mais é que pegue fogo e vá td mundo preso! Bando de asno. Não tô mais nem preocupado com rebaixamento. Se for pro bem de clube, que aconteca. Afinal todos sabemos q a culpa de td isso é dessa forma de gestão retrógrada encarnada no SPFC. Dá nojo v essa diretoria com toda a soberba do mundo, dando desculpa pra td.

  3. Chama o batalhão de choque para quebrar esses vagabundos, ninguém tem o direito de agredir ninguém em seu trabalho.

    Porra caralho, é um esporte porra, deixem de fanatismo. Identifiquem esses bandidos e prenda cada um depois de horas de surra.

    Os jogadores devem ser punidos em salário, dispensa ou afastamento e não na porrada

  4. Olha, sei que esta errado o ato de vandalismo, mas que estava demorando isto, estava. O São Paulo vem capengando nestes ultimos anos, lutando até para permanecer na elite, a diretoria não fez planejamento adequado, contrata refugos na pressa para o time, ct de Cotia não nos da um goleiro ha muito tempo, laterais, meias, atacantes, em menos de 1 anos 3 tecnicos ja passaram no Sao Paulo, sendo o ultimo Ricardo Gomes que é um tecnico sem perfil para o atual Sao Paulo. Gustavo Souza e Leco, não sabem lidar com futebol, são burocratas no Sao Paulo e apenas isto. Acredito que este ano temos que lutar para não cair para segundona, pois com o atual elenco é o maximo que conseguiremos. Pessimismo ? Não, estou sendo realista, olhe os nomes do elenco do São Paulo no papel e veja se existe esperança, agora é focar no brasileiro mesmo e nos mantermos na elite, copa do Brasil ja dançamos.
    Repito, esta reação da torcida não é correta, mas até que demorou muito. Acredito que não exista mais ambiente para Wesley e Michel Bastos no São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor entre com seu comentário!
Entre seu nome aqui

1 × 5 =