Leco revela que São Paulo irá gastar mais por jogadores protagonistas

959

GazetaEsportiva.net

José Victor Ligero e Marcelo Baseggio

O São Paulo conta os dias para o fim da atual temporada. Buscando esquecer os momentos de instabilidade de 2016, a diretoria já trabalha no planejamento do próximo ano e sabe que não terá outra opção senão a contratação de reforços para que o time volte a ser competitivo. Querendo evitar a dura realidade do risco de rebaixamento que assombrou o clube nesta reta final de Brasileirão e encerrar o jejum de títulos, a solução, segundo a diretoria, é simples: abrir os cofres.

Leco parece estar disposto a dar boas peças para Ricardo Gomes, caso o técnico seja mantido para o ano que vem (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)
Leco parece estar disposto a dar boas peças para Ricardo Gomes, caso o técnico seja mantido para o ano que vem (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

“Vai gastar mais. Pode, sim. O São Paulo está em busca de jogadores que possam ser protagonistas. O elenco vai mudar. O São Paulo vai investir, se preparou financeiramente para poder gastar mais no ano que vem”, disse o presidente do São Paulo Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco.

As declarações do mandatário tricolor animam a torcida, esperançosa em relação à uma equipe bem diferente que a deste ano. Nomes como Willian, Rafael Marques e Nilmar são especulados no Morumbi, mas antes de qualquer acerto com jogadores de ataque, setor mais frágil do time atualmente comandado pelo técnico Ricardo Gomes, o clube precisa focar no compromisso do próximo sábado, contra o Corinthians, em casa.

O próprio presidente tricolor sabe que uma vitória contra o principal rival pode mudar o ambiente no vestiário, que voltou a ficar abalado após a derrota nesta segunda-feira para o América-MG, virtual rebaixado do Brasileirão. “Certamente, é tudo o que a torcida quer. É em um momento de um clássico que nós temos que mostrar isso (reação)”.