Libertadores distante deve fazer São Paulo priorizar Paulistão em 2017

1895

Gazeta Esportiva

O São Paulo terá o Campeonato Paulista de 2017 como uma boa oportunidade para voltar a conquistar títulos. Sem erguer o troféu da competição desde 2005, a equipe tricolor deverá se empenhar apenas no Estadual, já que as chances de se classificar para a Libertadores ficaram ainda mais remotas após a derrota nesta segunda-feira para o América-MG, vice-lanterna do Brasileirão.

Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, admitiu que o São Paulo irá valorizar o Paulistão de "forma especial" (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)
Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, admitiu que o São Paulo irá valorizar o Paulistão de “forma especial” (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

O Tricolor atravessa um jejum de conquistas desde 2012, quando sob o comando do técnico Ney Franco se sagrou campeão da Copa Sul-Americana. Desde então o clube não consegue se impor nas principais competições que disputa, mas se depender do presidente do São Paulo Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, a equipe encerrará o período de 11 anos sem o domínio no Estado.

“O Campeonato Paulista é importante, sempre foi. O São Paulo sempre valorizou muito o Paulista, e agora de uma forma especial vamos voltar nossos olhos para esse próximo, mais enxuto, organizado. Acredito que vai ser um torneio agradável de jogar, vamos em busca dessa reconquista”, disse o mandatário.

Leco também reconheceu o momento ruim que o clube enfrenta desde a eliminação na semifinal da Libertadores e, posteriormente, com a saída de Edgardo Bauza do comando da equipe. Ciente dos percalços, principalmente no segundo semestre, o presidente, no entanto, se mostrou otimista quanto ao futuro tricolor.

“Que 2016 sofrido. Não terminou, mas vai terminar. É uma circunstância, uma concretização de um trabalho feito a partir de momentos difíceis que o São Paulo passou. Vamos enfrentar a nova realidade e tudo isso que está acontecendo”, completou.

Por fim, o presidente do São Paulo aprovou a nova configuração do Campeonato Paulista, que contará com 16 equipes nesta edição, ao invés de 20. Com menos rodadas na fase de grupos, Leco categorizou a competição como encantadora.

“Vejo de uma forma positiva. Acho que está havendo uma valorização do Campeonato Paulista, que é um campeonato que encanta, que mostra a mudança do futebol paulista e difícil porque tem grandes equipes, não só os quatro clubes grandes de São Paulo, mas as outras também muito bem equipadas”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor entre com seu comentário!
Entre seu nome aqui

1 + 1 =