Pra cima, sem desanimar!

361
8037.jpg

Por Rubens Chiri / saopaulofc.net

Embalado por duas vitórias consecutivas, o Tricolor visitou o América-MG na noite da última segunda-feira (31) com a meta de tentar confirmar a sua reação no Campeonato Brasileiro de 2016. O São Paulo até criou boas oportunidades, mas não conseguiu evitar o revés por 1 a 0 no confronto válido pela 33ª rodada. E para não deixar que o resultado negativo desmotive a equipe neste momento decisivo da temporada, o elenco retornou à capital paulista de cabeça erguida e já projetou os próximos desafios.

“Temos que manter a cabeça erguida. Claro que ficamos chateados com a derrota, mas não podemos deixar que isso abale a nossa equipe. Teremos jogos importantes pela frente, então é preciso reagir e não deixar que este resultado negativo nos atrapalhe. Nossa equipe teve boas atuações nas últimas partidas, e queremos repetir isso”, avaliou o meio-campista Thiago Mendes.

Com o tropeço, time são-paulino se manteve com 42 pontos, na 12ª colocação. No próximo final de semana, com a missão de se recuperar no torneio, o Tricolor receberá o Corinthians, no Morumbi. Vale lembrar que os ingressos para o clássico, que será disputado no sábado (5), às 19h30 (de Brasília), já estão à venda. Até o Majestoso, o São Paulo terá uma semana de trabalhos no Centro de Treinamento da Barra Funda para ajustar o time e corrigir os erros.

“Contra o Fluminense (2 x 1), conseguimos reverter uma situação adversa e vencemos de virada. Contra a Ponte Preta (2 x 0), começamos bem o jogo e vencemos. Infelizmente não conseguimos repetir isso contra o América-MG, como fizemos naquela sequência positiva, mas vamos trabalhar para retomar a confiança. Uma pena que não conseguimos vencer, porque uma terceira vitória consecutiva faria a nossa equipe embalar”, afirmou Rodrigo Caio, que emendou.

“Temos de levantar a cabeça, seguir trabalhando para vencer o Corinthians e livrar esse risco de rebaixamento. Uma vitória contra o América-MG nos daria uma tranquilidade a mais, nos livraria do rebaixamento e poderíamos almejar algo mais. Mas infelizmente, depois dessa derrota, ficou um pouco difícil. Hoje, temos de pensar em vencer o próximo jogo e ter uma tranquilidade a mais para trabalhar até o fim do ano. Temos de ser humildes nesse momento e saber que o ano não foi bom, principalmente no Brasileiro”, acrescentou.