Lugano se anima com Ceni no São Paulo e lamenta tragédia da Chape

266

GazetaEsportiva.net

Diego Lugano prevê São Paulo mais forte com Rogério Ceni no comando (Foto: Sergio Barzaghi/ Gazeta Press)
Diego Lugano prevê São Paulo mais forte com Rogério Ceni no comando (Foto: Sergio Barzaghi/ Gazeta Press)

De folga até a próxima segunda-feira, o zagueiro Diego Lugano comemorou o fato de o ano estar acabando para o São Paulo. Em 2016, o clube do Morumbi não conquistou vaga para a próxima Copa Libertadores da América, muito menos erguer um troféu, o que não consegue desde 2012. O uruguaio, contudo, vê um horizonte animador para o Tricolor, com o ex-goleiro Rogério Ceni à frente do cargo de técnico da equipe.

“Por sorte, o ano está acabando, ano complicado para nós. O bom do ano que vem é que o Rogério é o técnico. Com algumas renovações importantes, o São Paulo vai voltar a ser o que nunca devia ter deixado de ser”, declarou o defensor de 35 anos ao site Quiririmnews.

Lugano e Rogério defenderam juntos o São Paulo na campanha dos títulos da Copa Libertadores e do Mundial de Clubes, em 2005. Na tarde da última quarta-feira, o zagueiro esteve em uma reunião de negócios no distrito de Quiririm, em Taubaté, interior de São Paulo. Lá, ele também lamentou e se solidarizou pela morte de 71 pessoas no acidente aéreo com a delegação da Chapecoense, ressaltando que a tragédia pode servir para que os jogadores reflitam sobre suas rotinas de viagens.

Publicidade

“Quem não se solidariza? A primeira coisa que a gente pensa é que poderia ter acontecido com a gente. Essa é a primeira sensação. Quando se olha para sua família, para seus filhos, eles sabem que também poderiam estar sofrendo hoje. Por isso, para nós jogadores, pega um pouco mais. Leva a gente refletir e, enfim, aproveitar e levar a vida de outra maneira”, analisou.

Após a vitória sobre o Atlético-MG, em Belo Horizonte, no último domingo, Diego Lugano e seus companheiros de São Paulo se reapresentaram na quarta-feira, mas já ganharam cinco dias de folga por conta do adiamento da última rodada do Campeonato Brasileiro. Assim, os atletas voltarão aos trabalhos na terça que vem à tarde. O Tricolor, 11º colocado no torneio, com 49 pontos, se despede da temporada 2016 contra o Santa Cruz, no dia 11, no Pacaembu.