Pratto comenta briga no Uruguai e ironiza Felipe Melo: “Está em todos os problemas”

804

Atacante argentino diz entender a rivalidade que existe entre brasileiros e uruguaios, mas ressalta perigo da briga ter saído do campo para as arquibancadas do estádio em Montevidéu

Como não poderia deixar de ser, o atacante do São Paulo, Lucas Pratto, falou na entrevista coletiva que concedeu nesta quinta-feira, no CT da Barra Funda, sobre os episódios registrados após a partida entre Peñarol e Palmeiras, que se enfrentaram na noite de quarta-feira, em Montevidéu. O atacante são-paulino ironizou o volante Felipe Melo, que agrediu o meio-campista Miers, da equipe uruguaia.

– Às vezes, um jogador provoca o outro. Felipe ultimamente está em todos os problemas né? Tem que tentar não brigar. Aqui tem muita insegurança. Depois, a briga passou para as torcidas. A rivalidade entre uruguaios e argentinos, entre brasileiros e uruguaios é muito especial. O primeiro jogo já terminou mal, tanto que o Palmeiras levou um número maior de seguranças para lá. A gente tenta não brigar, mas são situações que fogem do controle – afirmou o atacante são-paulino.

Pratto também falou sobre outros assuntos, como as recentes eliminações sofridas na Copa do Brasil e no Campeonato Paulista. Para ele, o São Paulo precisa aproveitar o intervalo que terá até o dia 11 de maio (quando enfrenta o Defensa y Justicia) para corrigir os erros que vem mostrando em campo.

Publicidade
Lucas Pratto diz que Felipe Melo precisa tentar não brigar (Foto: Érico Leonan / saopaulofc.net)

Lucas Pratto diz que Felipe Melo precisa tentar não brigar (Foto: Érico Leonan / saopaulofc.net)

– Sabemos porque perdemos. Fomos eliminados pelos jogos que fizemos em casa, como visitantes fomos bem. Tem de melhorar detalhes que estamos deixando passar, como a bola parada, desatenções em contra-ataque, erros de posicionamento. Temos 15 dias para recuperar o que vínhamos fazendo antes, que era pressionar a marcação no ataque. Precisamos ser agressivos como antes – ressaltou o camisa 14.

Pratto bota fé no São Paulo, que terá o Campeonato Brasileiro e a Copa Sul-Americana pela frente no restante de 2017.

– O objetivo é ficar entre as posições principais. Você ficando nessas posições, vai finalizar o ano brigando pelo título. É um objetivo muito importante, ir à Copa, e vai ser consequência de ir bem no campeonato. Os primeiros jogos serão muito importantes, porque temos de ter confiança para ir bem na competição e lutar pela Libertadores – disse.