Rogério Ceni dá treino de contra-ataques e exige pressão no São Paulo

781

Técnico deu ênfase aos contragolpes no treino desta sexta-feira pela manhã, e ordenou aos jogadores que não permitissem a saída de bola da defesa. Time só voltará a atuar no dia 11

O contra-ataque foi o foco do treino do São Paulo na manhã desta sexta-feira. No CT da Barra Funda, Rogério Ceni trabalhou bastante esse aspecto. Os jogadores tinham que partir do campo de defesa para o ataque, em trios contra dois adversários. O objetivo era envolver a marcação e finalizar. Depois de concluir o lance, ou com a finalização ou se fossem desarmados, os atacantes eram obrigados a pressionar e impedir que os defensores saíssem jogando.

O técnico não permitiu que a imprensa assistisse à atividade. É praxe de seu trabalho fazer todos os treinos que contêm aspectos táticos com privacidade.

No fim do dia, Ceni comandou uma outra etapa do treino que também priorizava a parte tática. O São Paulo só voltará a jogar no dia 11 de maio, contra o Defensa y Justicia, pela Copa Sul-Americana, no Morumbi. Após o empate sem gols na Argentina, a equipe precisa vencer para se classificar à segunda fase do torneio continental.

No dia 14, o Tricolor vai estrear no Campeonato Brasileiro diante do Cruzeiro, no Mineirão.

2 COMENTÁRIOS

  1. O que adianta treinar acéfalos…
    Este elenco precisa de uma faxina geral, inclusive na comissão técnica e diretoria…
    Amadores…
    Profissionalizar urgente, tudo….

  2. Se os Conselheiros não interferirem para mudar o Tricolor corremos um sério perigo de seguir o rumo da Portuguesa, conseguiram juntar de uma só vez uma Diretoria arcaica com um treinador meia boca.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor entre com seu comentário!
Entre seu nome aqui

cinco × quatro =