Dorival Júnior muda ataque do São Paulo e dá nova chance para Cueva

8748

GloboEsporte.com – Marcelo Prado

A tarde foi de muito trabalho para o técnico Dorival Júnior, que começou a preparar o São Paulo para enfrentar Atlético-GO, nesta quinta-feira, no estádio do Morumbi, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. O comandante deu um treino tático que foi pausado várias vezes e montou um time titular com a seguinte formação:

Renan Ribeiro, Buffarini, Arboleda, Rodrigo Caio e Junior Tavares; Jucilei e Petros; Wellington Nem, Cueva e Jonatan Gomez; Lucas Pratto

Foram duas mudanças em relação ao time que perdeu para o Santos por 3 a 2, no último domingo. Denilson e Marcinho, que não tiveram boas atuações, foram substituídos por Wellington Nem e Cueva, que voltou a ganhar uma chance na equipe titular após ter sido barrado pelo interino Pintado no último final de semana. O peruano está envolvido em uma possível transferência para o Besiktas, da Turquia, mas o diretor executivo Vinícius Pinotti voltou a afirmar nesta terça-feira que não existe proposta oficial pelo camisa 10.

Cueva voltou a ganhar uma chance no time titular nesta terça-feira (Foto: Marcelo Prado)

Cueva voltou a ganhar uma chance no time titular nesta terça-feira (Foto: Marcelo Prado)

Dorival deu o trabalho tático em duas etapas nesta terça-feira. Na primeira, ele fez um treino específico para os defensores. Ele montou a defesa titular e postou os dois volantes à frente. Eles tinham que enfrentar oito jogadores do time reserva, que atacavam ora pela direita, ora pela esquerda. Depois, ele fez a mesma atividade para os reservas. A defesa reserva foi montada com Bruno, Lugano, Douglas e Edimar, com Eder Militão e Wesley à frente.

Após essa parte, mudou-se enfoque e o treinador passou a cuidar da parte ofensiva. Arboleda e Rodrigo Caio ficaram em cima da linha de meio-campo. Os nove atletas restantes foram posicionados à frente. Nessa etapa, o treinador falou muito, mostrou como devia ser o posicionamento dos atletas.

Primeiro esboço de escalação de Dorival Júnior no São Paulo (Foto: GloboEsporte.com)

Primeiro esboço de escalação de Dorival Júnior no São Paulo (Foto: GloboEsporte.com)

Pelo lado direito, por exemplo, Dorival ora pedia para Nem avançar pelo lado direito, ora recuar para buscar a bola. Quando Nem voltava, Buffarini avançava pelo meio para aparecer como surpresa na frente. Do lado esquerdo, o mesmo ocorria com a dupla formada por Junior Tavares e Jonatan Gomez.

Cueva, sempre centralizado, ora vinha buscar o jogo, ora corria nas costas de Douglas, quarto-zagueiro reserva para receber a bola em condições de finalizar.

Lucas Pratto, com a movimentação dos jogadores de frente, mostrou comportamento diferente dos últimos jogos, quando recuava muito para buscar a bola. Ele entrava toda hora na área para esperar o passe e poder finalizar.

Nesta quarta-feira, haverá novo trabalho na parte da tarde no CT da Barra Funda. Será o último antes do importantíssimo duelo de quinta-feira. Com 11 pontos e ocupando a 19ª colocação, o Tricolor precisa vencer o lanterna de qualquer maneira para iniciar uma recuperação no Campeonato Brasileiro. Uma vitória e uma combinação de resultados podem fazer a equipe sair da zona de rebaixamento.

4 COMENTÁRIOS

  1. Não quero cornetar até porque acho que o Dorival Jr. sabe o que está fazendo mas Buffarini e Wellington Nem são horrorosos. Péssimas contratações mas torço que com o nosso novo treinador eles consigam finalmente mostrar futebol e justificar o por que de terem sido contratados.
    Não dá pra acreditar que nós não temos um lateral direto que realmente joga futebol tanto Bruno como Buffarrini são ridículos dignos de pena. Poderia pegar um da base não gosto de improvisações mas o Arararuna, improvisado talvez seria opção melhor que esse pereba argentino.
    Mas torço que dê certo essas escolhas dele, não é hora de cornetar e sim apoiar.

    • O problema que está maldição das laterais não vem de hoje. Desde o Cicinho a lateral direita está entregue a estas porcarias. O lado esquerdo então nem se fala. Leva tempo para descobrir alguem na base. Por isto sou mais 0 3-5-2. Porque com alas acho que ficaria mais facil encontrar alguem para o setor.