Com dupla Arboleda e Rodrigo Caio, São Paulo tem 44% de aproveitamento

265

GazetaEsportiva.net

O zagueiro equatoriano Arboleda retorna ao time titular do São Paulo neste domingo, após 21 dias sem jogar com a camisa tricolor. Com a volta do jogador, Dorival Júnior vai ter à disposição sua dupla de zaga principal – com Rodrigo Caio. Juntos, os homens de confiança do treinador possuem aproveitamento de 44,44% no Brasileirão.

Arboleda desfalcou o São Paulo no empate por 2 a 2 com a Ponte Preta após cumprir suspensão automática por ter recebido o terceiro cartão amarelo. Na ocasião, Dorival optou pela estreia de Bruno Alves, ao lado de R. Caio, e o zagueiro marcou um dos gols do Tricolor. Apesar da boa atuação, Bruno Alves não voltou a ser escolhido pelo comandante para figurar o time titular.

Arboleda (esq) volta a ser titular neste domingo (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

Arboleda e Rodrigo Caio atuaram juntos em nove dos 11 jogos de Dorival Júnior no comando do São Paulo. A estreia da dupla sob os olhares do treinador aconteceu no empate por 2 a 2 com o Atlético Goianiense, no dia 13 de julho. Antes, Arboleda e Rodrigo Caio jogaram juntos na derrota para o Santos, ainda com Pintado como técnico interino, após demissão de Rogério Ceni.

Com a dupla titular, o São Paulo conquistou três vitórias (1 a 0 no Vasco, 4 a 3 sobre o Botafogo e 3 a 2 contra o Cruzeiro), três empates (Atlético-GO, Grêmio e Avaí), e amargou três derrotas, para Chapecoense (2 a 0), Coritiba (2 a 1), e Palmeiras (4 a 2). Os “queridinhos” de Dorival Júnior sofreram 17 gols em nove jogos.

Arboleda ainda atuou em uma partida sem Rodrigo Caio ao seu lado. O equatoriano fez linha defensiva com o jovem Éder Militão na derrota por 2 a 1 para o Bahia, fora de casa. Apesar do retrospecto abaixo dos 50%, Dorival Júnior voltará a apostar em Arboleda/Rodrigo Caio no jogo deste domingo, contra o Avaí.

Com uma semana livre para treinamentos, o treinador são-paulino optou por realizar treinos de caráter defensivo e de posicionamento. Dorival armou a defesa tricolor com Júnior Tavares na lateral esquerda, ficando com a vaga do suspenso Edimar, Arboleda e Rodrigo Caio na dupla de zaga, e Éder Militão, volante de origem, improvisado na lateral direita.