São Paulo banca viagem, ingresso e hospedagem para cartolas no Rio, revoltando oposição

451

Yahoo Esportes.com

Leco não esteve no Maracanã, mas seus convidados tiveram tudo pago (Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

“Aeroleco”. É assim que conselheiros e sócios do São Paulo estão se referindo ironicamente à comitiva, formada por nove convidados, que esteve no Rio de Janeiro para assistir ao jogo com o Fluminense, nesta quarta-feira, no Maracanã. Passagens aéreas, hospedagem no badalado hotel Hilton, traslado até o estádio e ingressos… tudo pago pelo Tricolor, que vive mais um ano de enorme crise financeira.

Publicidade

O Blog teve acesso aos nomes dos nove convidados de Leco. A relação conta com dois membros do Conselho de Administração do Tricolor, um diretor-adjunto, dois assessores do presidente, outros três conselheiros e um associado.

“Até parece que está sobrando dinheiro no caixa do São Paulo”, reclama Denis Ormrod, um dos conselheiros mais combativos do clube. “A presença de pessoas que não são do futebol tira a atenção do que realmente interessa, que é a briga contra o rebaixamento. Precisam entender que não é momento de distração ou divertimento e sim de concentração em prol do time”, acrescenta Denis.

O curioso é que Leco não esteve no Rio de Janeiro, assim como ocorreu na partida anterior como visitante, diante do Atlético-MG, em Belo Horizonte. O presidente tem evitado as viagens por causa de um problema familiar.

Ao longo da quarta-feira, vários conselheiros e sócios do São Paulo cornetaram o “Aeroleco” pelas redes sociais e em grupos de WhatsApp. Fotos dos dirigentes em pontos turísticos do Rio, como o Cristo Redentor, viraram motivo de revolta.

“Não dá para aceitar”, exclama Ignacio Barreto, sócio tricolor desde 1970 e um dos idealizadores do documento que reuniu mais de oito mil assinaturas para cobrar a contratação de Muricy Ramalho como coordenador de futebol, semanas atrás. “Não tem de levar ninguém. Viagem de time de futebol é para o elenco, a comissão técnica, o presidente e o diretor de futebol”, opina. “Hoje viajaram alguns conselheiros. No próximo jogo, vão outros. E essa história nunca acaba.”

Diante dos convidados são-paulinos, o time de Dorival Júnior perdeu por 3 a 1 para o Fluminense e conheceu a 13ª derrota em 29 jogos no Brasileirão – o clube vai dormir na 14ª colocação, com 34 pontos. Caso Sport, Vitória e Ponte Preta pontuem nesta quinta-feira, o Tricolor poderá voltar para a zona de rebaixamento.

6 COMENTÁRIOS

  1. Estou achando que dessa vez não terá escapatória, o elenco é horroroso tem um bando de descompromissados, não há gestão nosso presidente é um lixo. Vejo muito se falando em troca de técnico também concordo até porque o trabalho do Dorival Jr. é ruim, não serve pra esse momento e está perdido mas me falem um técnico que viria nessa momento e faria esse bando de vagabundos jogarem ?.
    Seria o Cuca esse treinador ?. Não acho que ele aceitaria vir pra cá faltando poucas rodadas e também será que faria milagres ?.
    Olha sinceramente não consigo ver luz no túnel não com esses jogadores, qual será a noticia após o jogo com o Flamerda ?. Time carioca vence e afunda de vez o SP no Z4 ou SP mesmo jogando mal vence e respira no Campeonato?. Meu lado realista acha que vamos perder as duas próximas partidas (Urubu e Sereia) mesmo jogando no Pacaembu mas ainda tenho esperança de pelo menos fazermos 4 pontos.

  2. Revoltado cara com esses vermes, time lixo sem vontade, você pode pegar um havai, uma chape, com elenco mixuruca, os caras ganham uma merreca, e estão melhores que a gente na tabela, se esforçam mais, já esses jogadores do São Paulo, São um bando de parasitas

  3. Ao invés de reunir esta cambada de incompetentes, deveriam se preocupar com a “cagada” que fizeram com o chamado “time de futebol”, se é que podemos dizer que este é um time de futebol. Conheço o São Paulo desde que era criança e passei a acompanhá-la a partir de 1962 e sinceramente, nunca vi um time tão ruim como este que está aí. A única coisa que se parece com os outros times de anos anteriores são os dois uniformes, porte este terceiro é simplesmente horroroso. Por favor devolvam o nosso São Paulo. Que Diretoria é esta que está vendo o abismo à frente e teme em avançar, o resultado todos veremos, o desastre. Não temos um time e até ousaria dizer que deveria trocar todos de uma única vez, quem sabe começar do zero não seja a solução. Não há como torcer para este time em campo, parece que todas as jogadas não vão resultar em nada pela falta de capacidade dos atletas em criar jogadas para conclusão ao gol, enquanto nossa defesa, todas as jogadas dos adversários se tornam extremamente perigosas. No meu entendimento, nenhum, absolutamente nenhum jogador deste elenco tem condições de vestir a verdadeira camisa tricolor. E mais, penso que a série B está próxima mas muito próxima mesmo e quem sabe não seja um divisor de águas, i.é, começar de novo, com novos jogadores, nova comissão técnica, novos dirigentes, tudo que não lembre estes últimos anos. A renúncia não é uma vergonha ela se faz necessária em qualquer atividade, se comprovadamente não há perspectivas de sucesso à frente. RENUNCIEM PARA O BEM DO SÃO PAULO!