“A proposta que está na mesa ainda não é suficiente”, avisa Bellintani sobre Jean

3022

GloboEsporte.com

Thiago Pereira

São Paulo oferece 2,2 milhões de euros por 70% dos direitos econômicos do goleiro, mas deve propor ajustes com a saída de Vinicius Pinotti.

Guilherme Bellintani avisou que São Paulo precisará melhorar a oferta por Jean (Foto: Raphael Carneiro )

Guilherme Bellintani avisou que São Paulo precisará melhorar a oferta por Jean (Foto: Raphael Carneiro )

Durante as últimas semanas, a ida de Jean para o São Paulo foi dada como certa. Tudo estava costurado para que o novo presidente do Bahia tivesse apenas o trabalho de autorizar a conclusão do negócio. Só que Guilherme Bellintani, eleito no último sábado para presidir o Tricolor baiano entre 2018 e 2020, mostrou nesta segunda-feira que não irá se limitar a assinar o contrato e aceitar a transferência do goleiro de 22 anos. Nesta segunda-feira, ele avisou que o time paulista ainda não chegou ao patamar que ele espera para finalizar a transação. Será necessário melhorar a oferta feita para que o jogador saia de Salvador com destino à São Paulo.

Publicidade

– A proposta que está na mesa ainda não é suficiente para o Bahia. Falta detalhes. Pode ser uma melhoria financeira ou melhorai de jogador – disse Bellintani ao GloboEsporte.com.

A exigência de Bellintani por melhorias pode provocar um pequeno cabo de guerra com o São Paulo, que estuda a possibilidade de fazer ajustes na negociação por Jean. O diretor executivo de futebol do clube paulista, Vinicius Pinotti, anteriormente responsável por conduzir as conversas, foi substituído por Raí. Agora, o ex-jogador vai tocar as tratativas ao lado do presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco.

Jean foi um dos destaques do Bahia na temporada (Foto: Giuliano Gomes/Agência PR Press)

Jean foi um dos destaques do Bahia na temporada (Foto: Giuliano Gomes/Agência PR Press)

O GloboEsporte.com apurou que Raí e Leco querem rediscutir os termos que estavam acordados. O São Paulo pagaria aproximadamente 2,2 milhões de euros (cerca de R$ 8,5 milhões) por 70% dos direitos econômicos e também cederia um jogador, a ser posteriormente definido. O interesse inicial do Bahia era por Reinaldo, vetado pelo Tricolor. Assim, Iago Maidana, emprestado ao Paraná durante a temporada, era o alvo do clube baiano.

Aos 22 anos e com histórico de seleções de base, Jean atuou nas 38 rodadas da Série A, cobra faltas e tem Rogério Ceni como ídolo. De acordo com o “Footstats”, ele liderou o número de defesas do Brasileirão: 95 intervenções (média de 2,5 por jogo). Caso o Bahia venda o goleiro ao São Paulo, um novo jogador para o posição deve ser procurado no mercado. Na semana passado, o vice-presidente tricolor, Pedro Henriques, afirmou que Matheus Cavichioli, que defendeu o Juventude na Série B, foi avaliado pelo clube durante 2017.