Na estreia de Diego Souza, São Paulo empata com o Novorizontino

651

Ainda em meio aos ajustes deste início de temporada – diante do pouco tempo de preparação -, o São Paulo ficou no empate sem gols com o Novorizontino na noite deste sábado (20), no Morumbi, em duelo válido pela segunda rodada do Campeonato Paulista.

O confronto marcou a estreia de Diego Souza, que entrou no decorrer do segundo tempo e iniciou a sua trajetória no clube. Após o embate desta noite, o Tricolor entrará em campo novamente na próxima quarta-feira (24), às 21h45, para encarar o Mirassol, fora de casa, na sequência do estadual.

Publicidade

3026.jpg

Seguindo a programação da comissão técnica, que montou dois times para este início de ano como forma de preparar o elenco na pré-temporada, os atletas que não enfrentaram o São Bento na rodada de abertura do estadual atuaram final de semana.

VEJA A FICHA DO JOGO!

Com Sidão mantido no gol, o time teve dez alterações – já previamente planejadas antes mesmo da partida em Sorocaba – em relação ao embate de estreia. Assim, o Tricolor atuou com Sidão; Éder Militão, Bruno Alves, Rodrigo Caio e Edimar; Jucilei, Petros e Shaylon; Lucas Fernandes, Marcos Guilherme e Brenner.

3056.jpgNo primeiro tempo, apesar das dificuldades para criar as jogadas diante de um adversário bem postado defensivamente, o Tricolor teve duas boas oportunidades para balançar as redes: na primeira, Petros carimbou a trave em chute da entrada da área. Na segunda, após belo contragolpe, Marcos Guilherme recebeu de Shaylon e bateu rasteiro. A zaga salvou em cima da linha.

Na volta para a segunda etapa, o São Paulo logo assustou o adversário: após escanteio, Bruno Alves testou firme e parou em grande defesa de Oliveira, que espalmou. Em busca da vitória, o time são-paulino tentou acuar o rival, mas não conseguia chegar na frente com efetividade. Então, Dorival promoveu a estreia de Diego Souza, que entrou no lugar de Lucas Fernandes.

Na sequência, Cueva herdou o lugar de Brenner e tentou dar mais criatividade ao Tricolor, que até balançou as redes aos 43 minutos com Rodrigo Caio, mas a arbitragem assinalou impedimento no cabeceio do camisa 3. Nos instantes finais, o São Paulo foi com tudo para cima dos visitantes, mas o placar não foi alterado: 0 a 0.