Thomaz, do São Paulo, está na mira de dois clubes chilenos e pode sair

903

GloboEsporte.com

Marcelo Hazan

São Paulo libera Hernanes de treino e vê como improvável a permanência do meia

O São Paulo está pessimista em relação à permanência de Hernanes. O Hebei Fortune, clube chinês que emprestou o meia, acionou uma cláusula do contrato que obriga o retorno imediato do jogador antes mesmo do término do contrato de empréstimo, e a diretoria está com dificuldade em negociar a manutenção do ídolo ao menos até junho, como previsto anteriormente.

Hernanes deve ir à Espanha, onde o Hebei faz pré-temporada, na próxima semana. Internamente, o São Paulo trata como improvável a permanência. Tanto que o meia foi liberado da atividade em campo no treino desta sexta-feira.

Publicidade

A diretoria do Tricolor tem mantido contato regularmente com o agente de Hernanes, Joseph Lee, e também com Manuel Pellegrini, técnico do Hebei Fortune e que tem boa relação com Ricardo Rocha, coordenador de futebol do São Paulo.

Só que as tratativas esbarram no alto investimento que o time chinês fez no meia quando o contratou e na necessidade do time asiático em usá-lo. Quando contratou Hernanes, no começo de 2017, o Hebei pagou 10 milhões de euros (R$ 33 milhões à época) à Juventus, da Itália. O contrato do jogador com os chineses vai até dezembro de 2019.

Hernanes foi contratado ano passado para a reta final do Campeonato Brasileiro. O Profeta esteve em campo em 19 partidas, fez nove gols e terminou a competição premiado. As atuações do meia foram fundamentais para manter o Tricolor na Série A.

O Profeta gostaria de seguir no futebol brasileiro, principalmente por conta do sonho de disputar a Copa do Mundo de 2018 com a seleção brasileira. No São Paulo, ele acredita que estaria mais perto do radar de observação do técnico Tite.