No Morumbi, Tricolor bate o Botafogo-SP na estreia de Nene

641

Com a estreia de Nene e o retorno de Cueva, o Tricolor vai ganhando a sua cara em 2018! Na tarde deste sábado (3), no Morumbi, o São Paulo venceu o Botafogo-SP por 2 a 0 e conquistou o segundo triunfo consecutivo na temporada após avançar na Copa do Brasil. Para derrotar o rival, o time são-paulino contou com os gols de Diego Souza e de Cueva, que entrou na segunda etapa e deixou boa impressão.

6773.jpg

Com o resultado positivo, o Tricolor retomou a liderança do Grupo B – agora com sete pontos em cinco rodadas – enquanto aguarda os outros jogos do final de semana. De quebra, o São Paulo manteve a histórica invencibilidade diante do Botafogo: a equipe jamais foi derrotada pelos botafoguenses, em casa, e ampliou a série sem derrotas para 25 jogos – a maior do clube, no Morumbi, à frente do duelo com o Palmeiras (24 partidas, com 15 vitórias e nove empates).

Publicidade

6107.jpg

Para encarar o clube do interior, o técnico Dorival Júnior contou com a volta de Petros – cumpriu suspensão na Copa do Brasil diante do Madureira (1 x 0) – e promoveu a estreia de Nene. Desta forma, o comandante escalou o time com Sidão; Éder Militão, Bruno Alves, Rodrigo Caio e Reinaldo; Jucilei, Petros e Nene; Marcos Guilherme, Brenner e Diego Souza.

6229.jpg

Já Arboleda (aprimora forma física após se recuperar de um estiramento no músculo anterior da coxa direita), Anderson Martins (dores na coxa esquerda) e Morato (aprimora forma física após cirurgia no joelho direito) não estavam à disposição. Os visitantes atuaram com João Lucas; Taylor, Naylhor, Plínio e Peri; Serginho, Diones, William Oliveira, Danielzinho e Dodô; Bruno Moraes.

6080.jpg

No primeiro tempo, o Tricolor teve dificuldades para furar o bloqueio da equipe de Ribeirão Preto e não conseguiu criar muitas oportunidades para balançar as redes. Nos contragolpes, os botafoguenses levaram perigo e acertaram duas vezes a trave são-paulina. Assim, o placar não foi alterado antes do intervalo.

_6701.jpg

Na volta para a segunda etapa, o treinador mexeu no time: Cueva ocupou o lugar de Brenner. Com o peruano, o São Paulo cresceu de produção e partiu para cima dos visitantes em busca da vitória. E não demorou muito para tirar o grito de gol da torcida.

PINT7590.jpg

Logo aos cinco minutos, Nene recebeu na esquerda e acionou Reinaldo, que cruz na medida para Diego Souza: o camisa 9 apareceu com oportunismo para colocar os mandantes na frente! 1 a 0! Na comemoração, o centroavante fez questão de parabenizar o lateral-esquerdo pela assistência.

PINT7613.jpg

Melhor no jogo, o Tricolor manteve a postura ofensiva e anotou o segundo gol para conquistar a segunda vitória consecutiva na temporada. Aos 37 minutos, Bruno Alves foi agarrado na grande área após cobrança de escanteio, e a arbitragem assinalou pênalti! Cueva assumiu a responsabilidade e cobrou no canto para ampliar: 2 a 0!

_6662.jpg

Além do importante resultado diante da torcida são-paulina, a equipe deu mais um passo para seguir ganhando a sua cara em 2018. Na próxima quarta-feira (7), às 21h45, novamente no Morumbi, o São Paulo enfrentará o Bragantino em busca da trinca.

FONTE: SITE OFICIAL

2 COMENTÁRIOS

  1. Ninguém fala nada do Sidão?
    Solta todas as bolas, espalma pra dentro da área, fez uma defesa na sorte…
    Sinceramente, entre ele e o Renan, o SP ficou com o pior!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor entre com seu comentário!
Entre seu nome aqui

treze − cinco =