Algoz e ex-alvo, Tréllez reencontra Corinthians como são-paulino

349

GazetaEsportiva.net

José Victor Ligero

Em agosto de 2017, Tréllez marcou o gol que tirou duas invencibilidades do Corinthians (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

Alvo no começo deste ano e algoz em 2017, o centroavante Santiago Tréllez reencontrará o Corinthians às 16 horas (de Brasília) deste domingo, no Morumbi. Agora, o ex-Vitória enfrentará o time alvinegro como jogador do São Paulo pela primeira vez, em duelo de ida das semifinais do Campeonato Paulista.

Embora não tenha completado nem um ano participando do futebol brasileiro como profissional, o colombiano já tem uma pequena história para contar sobre o rival deste domingo.

No dia 19 de agosto de 2017, Tréllez foi o grande responsável por findar uma invencibilidade de 34 jogos do Corinthians naquela temporada, além de impor a primeira derrota do time no Campeonato Brasileiro. Na ocasião, aproveitando contra-ataque, o atacante chutou cruzado e contou com o desvio de Guilherme Arana para bater Cássio no estádio de Itaquera.

Se não evitou o título brasileiro do Corinthians, o gol talvez tenha despertado o interesse do clube paulista no futebol do colombiano. Entre o fim do ano passado e o começo de 2018, a diretoria alvinegra teve negociações avançadas para levá-lo ao Parque São Jorge. No entanto, com a saída de Jô, preferiu guardar dinheiro a fim de contratar um reforço de peso para substituir o artilheiro do Brasileirão.

Sem a concorrência do arquirrival, o São Paulo pagou R$ 6 milhões por Tréllez, que assinou um contrato de quatro anos. Pouco aproveitado por Dorival Júnior, o centroavante passou a receber mais chances sob o comando do uruguaio Diego Aguirre.

Em sua oitava partida, aproveitando falha na saída de bola do goleiro Paes, desencantou com a camisa tricolor ao abrir o caminho para a vitória por 2 a 0 sobre o São Caetano, na última terça-feira, no Morumbi, e para a classificação às semifinais do Estadual.

“O gol foi muito bom, vou jogar mais solto, a confiança volta. Estava pressionado por não marcar. Sou um cara que me cobro muito, estava muito chateado por não marcar Agora é preparar para o jogo de domingo”, projetou Tréllez.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor entre com seu comentário!
Entre seu nome aqui

um × 1 =