segunda-feira, setembro 23, 2019

‘O São Paulo não está armado para vender ninguém’, diz presidente Leco

435

Cartola fala em elenco qualificado com a chegada do meia-atacante Everton, mas lembra da abertura da janela europeia, no meio da temporada, e prevê assédio no clube

Leco

Presidente Leco falou durante a apresentação do meia-atacante Everton no Tricolor (Foto: Maurício Rummens/Fotoarena/Lancepress!)

O presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, negou que o São Paulo esteja planejando vender algum de seus atletas durante o resto da temporada, mas frisou que o clube é suscetível aos interesses do futebol europeu. Na apresentação do meia-atacante Everton como novo reforço do Tricolor, o cartola foi questionado sobre o tema e foi firme em sua resposta.

– O São Paulo não está armado para vender ninguém, mas não está fechado para o mercado. O São Paulo está, sim, investindo significativamente porque isto faz parte de um processo que o São Paulo está estabelecendo ao longo do tempo. Uma gestão que seja capaz de fazer um investimento sem precisar da venda de seus jogadores. O São Paulo não tem necessidade de vender jogador, o que não elimina essa perspectiva e realidade do mercado. O São Paulo, provavelmente, não escapará de um interesse ou um assédio na abertura da janela – afirmou o presidente do Tricolor.

No meio da temporada, durante a realização da Copa do Mundo, na Rússia, a Fifa abre a janela de transferências para o futebol europeu. Cada país tem suas respectivas datas, mas junho, julho e agosto são os meses em que o interesse estrangeiro aumentará nos atletas que atuam no CT da Barra Funda.

Com a chegada de Everton, o nono reforço do São Paulo para a temporada (Anderson Martins, Nenê, Diego Souza, Valdívia, Gonzalo Carneiro, Jean, Tréllez e Régis), o presidente Leco entende que o time profissional está qualificado para a disputa da Copa do Brasil, Copa Sul-Americana e Campeonato Brasileiro, as três competições que a equipe disputa até o fim da temporada.

– O São Paulo considera que com as contratações feitas até agora está com o elenco consolidado, e não vai apenas participar das competições. Claro que a dinâmica do futebol exige sempre atenção para todas as possibilidade para que o mercado apresenta. O São Paulo se considera pronto para todas as competições, mas não está fechado para as oportunidade que venham – concluiu o cartola, deixando claro que o clube se mantém atento às exigências do mercado e, caso haja um bom negócio nos próximos meses, a diretoria certamente irá estudá-lo.

FONTE: LANCE

1 COMENTÁRIO

  1. Só acredito vendo no que o Leco disse!
    Cueva já havia pedido pra ser vendido no início do ano e a diretoria prometeu que venderia ele após a copa do mundo..
    Existe a possibilidade do Militão ser vendido nesta janela já que não existe interesse da parte dele em renovar..
    No mais temos o Rodrigo Caio que ainda está valorizado lá fora e poderia ser um bom negócio para nos,diante da limitação dele como jogador..
    Vamos ver!
    Não vejo jogadores inegociável!
    Leco não tem palavra!