Aproveitamento no Morumbi é aliado do São Paulo para cumprir meta no Brasileiro

192

GloboEsporte.com

Leandro Canônico e Marcelo Hazan

Tricolor perdeu só um jogo como mandante na temporada; nesta quarta, rival é o Botafogo.

Vencer as partidas como mandante e conquistar o melhor resultado possível nos jogos fora de casa. Esse é o pensamento do São Paulo para atingir sua meta no Campeonato Brasileiro, que, segundo Diego Souza, é estar entre os cinco primeiros nas dez últimas rodadas.

O Morumbi, portanto, é o grande aliado tricolor no ano. No estádio, o retrospecto do time é muito bom: 73,8%. Em 14 jogos, o São Paulo venceu nove, empatou quatro (um deles na eliminação na Copa do Brasil) e perdeu apenas um, para o Santos, no Campeonato Paulista.

Publicidade

O próximo jogo diante de sua torcida é nesta quarta-feira, contra o Botafogo, às 21h (de Brasília), pela oitava rodada do Brasileiro.

– Sabemos a força do Morumbi, principalmente quando o nosso torcedor vai e apoia. Todo adversário que joga no Morumbi sente esse peso. É importante a gente fazer valer essa força do Morumbi para conquistar mais pontos – afirmou o goleiro Sidão.

Como comparação, o desempenho do São Paulo como visitante em 2018 está em 43,1%, com seis vitórias, quatro empates e sete derrotas. No domingo, na vitória por 3 a 1 sobre o América-MG, no Independência, o Tricolor conquistou o primeiro triunfo fora de casa sob o comando do técnico Diego Aguirre e também no Brasileirão.

– O São Paulo está melhorando, jogando bem e estamos cada vez mais perto da primeira posição, que é o que nós queremos – disse Aguirre.

Estádio do Morumbi: retrospecto do São Paulo em casa é muito bom (Foto: Flavio Florido/BP Filmes)

Estádio do Morumbi: retrospecto do São Paulo em casa é muito bom (Foto: Flavio Florido/BP Filmes)

Até a parada para a Copa do Mundo, na 12ª rodada, o São Paulo tem mais três jogos no Morumbi: Botafogo (nesta quarta-feira), Inter (no dia 5 de junho) e Vitória (no dia 12 de junho). A meta tricolor até o Mundial é ficar entre os quatro primeiros e estar, no máximo, três pontos atrás do líder.

– É bom. A tabela acabou nos favorecendo quanto a isso. É importante estar em São Paulo. Desses cinco jogos, três são em casa. É uma grande oportunidade de fazer muitos pontos. Aproveitar também que tem um clássico em São Paulo e não vamos precisar viajar. Isso conta na parte do desgaste, por conta da sequência de jogos. Que isso nos favoreça e a gente possa fazer prevalecer dentro de campo – ressaltou Sidão.

Atualmente na quarta colocação, com 13 pontos, um a menos do que o líder Flamengo, o Tricolor terá uma sequência sem viagens nas próximas três rodadas. Isso porque, entre os jogos contra o Botafogo e o Inter, o São Paulo encara o Palmeiras, na arena do rival, no próximo sábado.

Veja as informações do São Paulo para enfrentar o Botafogo:

Local: Morumbi, em São Paulo
Data e horário: quarta-feira, às 21h (de Brasília)
Time provável: Sidão; Régis, Arboleda (Anderson Martins), Bruno Alves (Anderson Martins) e Reinaldo; Jucilei (Liziero), Petros e Nenê; Marcos Guilherme, Everton e Diego Souza
Desfalques: Hudson, Éder Militão (suspensos), Rodrigo Caio (cirurgia pé esquerdo), Cueva (seleção peruana), Brenner (treinos com a seleção brasileira), Gonzalo Carneiro (recuperação de pubalgia) e Morato (entorze no tornozelo esquerdo)
Pendurados: Bruno Alves, Régis Souza, Arboleda e Sidão
Arbitragem: Wilton Pereira Sampaio (Fifa) apita, auxiliado por Fabricio Vilarinho da Silva (Fifa) e Bruno Raphael Pires (Fifa), todos de Goiás
Transmissão: Premiere (com Milton Leite e Mauricio Noriega)
Tempo real: GloboEsporte.com, a partir das 20h