São Paulo se reapresenta com reservas de olho no Choque-Rei

173

GazetaEsportiva.net

Felipe Leite*

Nada de feriado para os jogadores do São Paulo. De olho no Choque-Rei e com o rival Palmeiras treinando ao lado e ao mesmo tempo, preparando-se para a mesma partida, o Tricolor se reapresentou nesta quinta-feira no CT da Barra Funda após a vitória contra o Botafogo por 3 a 2, no Morumbi.

Publicidade

O técnico Diego Aguirre mandou somente os jogadores que não iniciaram a partida contra os cariocas a campo. Enquanto os titulares realizaram atividade regenerativa na parte interna do CT, Hudson e Militão, que cumpriram suspensão, além dos demais reservas, foram ao gramado para a realização de treino em campo reduzido e com intensa movimentação.

A comissão técnica do uruguaio, incluindo o próprio, mostrou-se ativa durante todo o treinamento desta quinta-feira. Aguirre era o percursor dos gritos de instrução direcionados aos atletas, especialmente na primeira parte das atividades.

Durante o treino, aliás, o comandante são-paulino se afastou de seus jogadores e pediu para um membro da comissão que trouxesse três goleiros para integrar a atividade, dando início à segunda parte do treinamento, que contou com toque de bola rápido e finalização no um contra um.

A quinta-feira de treinamentos do São Paulo também ficou marcada pelo “dia da família”. Enquanto os jogadores treinavam, filhos e parentes dos atletas do Tricolor batiam bola no campo ao lado. Depois das atividades, Diego Souza, Jucilei e Everton saíram da parte interna do CT e se juntaram à brincadeira, logo seguidos por Valdivia, que treinou normalmente junto aos reservas.

O invicto São Paulo volta à ação no Campeonato Brasileiro neste sábado, às 21h00 (horário de Brasília), contra um de seus maiores rivais, o Palmeiras. A partida, válida pela nona rodada da competição nacional, será disputada no Allianz Parque.