Sidão lamenta possíveis saídas e vê elenco do São Paulo capaz de disputar título do Brasileirão

1204

GloboEsporte.com

Marcelo Hazan

Goleiro dá sua visão sobre força do atual plantel e das baixas que o Tricolor poderá sofrer.

Éder Militão, Rodrigo Caio, Cueva e Marcos Guilherme. Os quatro jogadores poderão deixar o São Paulo nos próximos meses, durante a janela de transferências internacionais.

O goleiro Sidão lamentou as possíveis saídas de jogadores no meio da temporada. Ele também estava no clube em 2017, quando o Tricolor teve diversas mudanças no elenco.

Publicidade

– A gente está pegando um entrosamento agora. Chegou muita gente (nove jogadores) esse ano, mas infelizmente é inevitável essa janela de meio de ano. Infelizmente alguém vai sair, mas o que a gente tem aqui está de muito agrado para nós. Temos elenco para disputar o título do Brasileiro – disse Sidão.

Sidão diz que tripla eliminação de 2017 foi assunto entre atletas do São Paulo (Foto: Érico Leonan / saopaulofc.net)

Sidão diz que tripla eliminação de 2017 foi assunto entre atletas do São Paulo (Foto: Érico Leonan / saopaulofc.net)

A visão de Sidão sobre o São Paulo ter condições de brigar pelo título do Brasileirão é compartilhada por outras pessoas do clube internamente.

As saídas e contratações de jogadores no meio da temporada, no entanto, serão fundamentais nesse sentido. Até agora o Tricolor contratou Gonzalo Carneiro, Jean, Régis, Anderson Martins, Nenê, Valdivia, Diego Souza, Tréllez e Everton.

Financeiramente, o clube sabe que precisa vender jogadores para fechar as contas do orçamento previsto para 2018.

Atualmente, o Tricolor é o 10º colocado, com seis pontos. O próximo jogo é diante do Bahia, domingo, às 16h, na Fonte Nova, em Salvador.

Exemplo de 2017

Aliviado pela classificação para a segunda fase da Copa Sul-Americana, com a vitória por 1 a 0 sobre o Rosario Central, Sidão disse que a tripla eliminação de 2017 foi assunto entre os jogadores.

O goleiro é um dos remanescentes das quedas no Paulistão (contra o Corinthians nas semifinais de 2017 e 2018), Copa do Brasil (Cruzeiro e Atlético-PR em 2017 e 2018, respectivamente, na quarta fase) e na própria Sul-Americana (Defensa y Justicia).

– Nós lembramos isso durante a semana. Nós jogadores nos reunimos e eu acabei lembrando disso que no ano passado ficou bem ruim para o São Paulo a partir daquele momento em que nós fomos eliminados das três competições em cerca de um mês. A pressão aumentou muito. Então, lembrei o pessoal que estava ano passado e alertei o pessoal que chegou agora e que não participou daquilo. O ano ficaria bem ruim para nós se não classificássemos – afirmou Sidão.

2 COMENTÁRIOS