Freguês no Allianz, SP reverte tendência e chega em alta contra Palmeiras

93

UOL

Leandro Miranda
  • Marcello Zambrana/AGIF

    Palmeiras tem dominado o clássico recentemente. São Paulo busca reviravoltaPalmeiras tem dominado o clássico recentemente. São Paulo busca reviravolta

O São Paulo não sabe o que é sequer pontuar no Allianz Parque: em seis jogos disputado na nova casa alviverde, foram seis derrotas tricolores. Mas o cenário atual empolga o time tricolor na tentativa de quebrar esse tabu: pela primeira vez em mais de dois anos, a equipe vai chegar para o clássico contra o Palmeiras com um ambiente mais positivo que o rival. A bola rola a partir das 21h deste sábado (2), pela nona rodada do Brasileirão.

A última vez em que o São Paulo entrou em campo contra o Palmeiras em fase menos conturbada que o adversário foi em março de 2016. Na ocasião, o time alviverde havia acabado de demitir Marcelo Oliveira, que não vinha fazendo o time jogar bem desde a temporada anterior, e contratado Cuca, que viria a ser campeão brasileiro naquele ano. Mesmo assim, deu Palmeiras: comandado pelo interino Alberto Valentim, o time venceu por 2 a 0 no Pacaembu, com gols de Dudu e Robinho.

Desde então, foram mais seis encontros entre os times, sempre com o Palmeiras em melhor fase – ou, no mínimo, com as duas equipes em momentos equivalentes. Foram quatro vitórias alviverdes, consolidando o domínio recente no clássico, contra apenas duas tricolores, ambas no Morumbi, onde não perde do rival desde 2002.

Para este sábado, o Palmeiras vive um período de turbulência. As más apresentações nos últimos três jogos, com empate em casa contra o América-MG na Copa do Brasil e derrotas para Sport e Cruzeiro no Brasileiro, elevaram a pressão. Mesmo com aproveitamento de quase 70% no ano e a melhor campanha da Libertadores, o Roger Machado enfrenta críticas de parte da torcida e precisa dar uma resposta rápida à queda de rendimento da equipe após a saída do artilheiro Borja para a seleção colombiana.

Já o São Paulo vem embalado com Diego Aguirre e ostenta uma invencibilidade de 11 jogos. Nenê e Éverton têm se destacado, Diego Souza balançou as redes nos últimos cinco jogos e a equipe chegou até a ocupar a liderança do Campeonato Brasileiro pela primeira vez em três anos. O time tricolor ocupa agora a segunda posição, com 16 pontos, cinco a mais que o Palmeiras, que é o décimo.

Essa quebra da tendência dos últimos dois anos é um ingrediente a mais para o clássico, que representa bastante também para os dois treinadores. Roger busca a vitória para reverter o clima ruim e voltar a trabalhar com tranquilidade, enquanto Aguirre tenta engatar o quarto triunfo seguido para se manter na briga pela liderança.

Relembre como chegaram Palmeiras e São Paulo nos últimos clássicos:

08/03/18 – Palmeiras 2 x 0 São Paulo (Paulista)
O Palmeiras chegou embalado pelo bom início de trabalho de Roger Machado. Já o São Paulo vinha mal com Dorival Júnior e acabou demitindo o treinador após o revés no clássico.

27/08/17 – Palmeiras 4 x 2 São Paulo (Brasileiro)
O Palmeiras vinha em momento instável e havia demitido Cuca havia pouco tempo. Mas o São Paulo estava bem pior, tentando sair da zona do rebaixamento sob o comando de Dorival.

27/05/17 – São Paulo 2 x 0 Palmeiras (Brasileiro)
O São Paulo começava a entrar na reta final de Rogério Ceni como treinador. O time vinha de três eliminações consecutivas na temporada (Paulista, Copa do Brasil e Sul-Americana).

11/03/17 – Palmeiras 3 x 0 São Paulo (Paulista)
Nesse clássico, as duas equipes chegaram em bom momento. Eduardo Baptista e Rogério Ceni estavam nos inícios de seus trabalhos e com bons desempenhos no Paulista.

07/09/16 – Palmeiras 2 x 1 São Paulo (Brasileiro)
O Palmeiras de Cuca era o líder do Campeonato Brasileiro. Já o São Paulo de Ricardo Gomes ocupava a 12ª colocação, com apenas uma vitória nos últimos 10 jogos.

29/05/16 – São Paulo 1 x 0 Palmeiras (Brasileiro)
As duas equipes viviam fases irregulares na temporada, mas o São Paulo vinha de um tabu de 10 clássicos sem vitórias – que foi quebrado nessa partida.

13/03/16 – São Paulo 0 x 2 Palmeiras (Paulista)
Aqui, o São Paulo estava em momento mais tranquilo. Apesar de instável na temporada, o Palmeiras vivia fase mais conturbada e havia acabado de demitir o técnico Marcelo Oliveira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor entre com seu comentário!
Entre seu nome aqui

8 + dezenove =