Diego Souza faz três vítimas na “lei do ex” pelo São Paulo e agora pega Vasco e Sport

400

GloboEsporte.com

Leandro Canônico

Camisa 9 do Tricolor está em seu nono clube dentre os 20 que disputam a Série A do Brasileirão.

Diego Souza é um dos jogadores que disputam o Campeonato Brasileiro que mais tem condições de aplicar a “lei do ex” (quando um atleta balança a rede do seu antigo clube). Agora no São Paulo, o atacante já passou por oito dos outros 19 clubes que estão na Série A.

Artilheiro do Tricolor na temporada, com dez gols (seis deles no Brasileirão), Diego Souza passou em branco contra Fluminense, Palmeiras e Flamengo, mas fez gol contra o Atlético-MG, no empate por 2 a 2, no Grêmio, na derrota por 2 a 1, e também sobre o Cruzeiro, na vitória por 2 a 0.

Nas próximas duas rodadas, o camisa 9 do São Paulo terá pela frente dois ex-clubes: o Vasco, às 16h deste domingo, no Morumbi, e o Sport, no dia 12, às 16h, na Ilha do Retiro.

– Penso em fazer o meu trabalho. Se dependesse de mim eu faria gol em todos os jogos. Quando aparece a oportunidade você tem que concluir em gol – disse Diego Souza, em tom mais político.

Diego Souza comemora gol marcado contra o Cruzeiro ao lado de Nenê, Everton e Reinaldo (Foto: Agência Estado)

Diego Souza comemora gol marcado contra o Cruzeiro ao lado de Nenê, Everton e Reinaldo (Foto: Agência Estado)

Vasco e Sport, no entanto, têm um lugar especial no coração de Diego Souza. Contra esses dois times, o atacante não comemora gols. Mas só nos jogos em que eles são mandantes.

– Tem duas equipes que eu jogando na casa deles não comemoro gol. Vou procurar fazer o gol, mas comemorar não. Que é contra o Vasco e contra o Sport. Fora isso é alegria total em qualquer estádio que eu jogar – declarou o camisa 9.

Diego Souza fez o gol do São Paulo na derrota para o Grêmio (Foto: Diego Vara/BP Filmes)

Diego Souza fez o gol do São Paulo na derrota para o Grêmio (Foto: Diego Vara/BP Filmes)

É verdade. Contra Atlético-MG, Grêmio e Cruzeiro, esses dois últimos fora de casa, Diego Souza vibrou muito com os gols marcados. O mesmo ele fará neste domingo, em caso de gol contra o Vasco, no Morumbi. Mas no segundo turno, em São Januário…

– Claro, porque jogando dentro da minha casa, torcedor é nosso, então eu não vejo falta de respeito com o carinho que o torcedor do Vasco tem por mim. Então comemoro sem problema algum, porque vou estar diante do meu torcedor. Mas se fosse em São Januário, por respeito, faria de tudo para fazer o gol, mas, por respeito, não comemoraria – completou o atacante.

O São Paulo faz um último treino neste sábado, no CT da Barra Funda, antes da partida contra o Vasco, no Morumbi. O Tricolor tem 32 pontos, na vice-liderança. O Flamengo, com 34, é o líder.

Contra o Atlético-MG, Diego Souza fez o gol que evitou a derrota do São Paulo em casa (Foto: ALE CABRAL/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDO)

Contra o Atlético-MG, Diego Souza fez o gol que evitou a derrota do São Paulo em casa (Foto: ALE CABRAL/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDO)

Veja as informações do São Paulo para a partida contra o Vasco:

Local: Morumbi, em São Paulo
Data e horário: domingo, às 16h (de Brasília)
Escalação provável: Sidão; Éder Militão, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Hudson, Liziero (Jucilei) e Nenê; Rojas, Everton e Diego Souza
Desfalques: Anderson Martins (suspenso), Rodrigo Caio e Régis (em recuperação física) e Edimar (entorse no tornozelo esquerdo)
Pendurados: Régis, Reinaldo, Jucilei, Liziero e Nenê
Arbitragem: Bráulio da Silva Machado apita a partida, auxiliado por Klebe Lucio Gil (Fifa) e Helton Nunes, todos de Santa Catarina
Tempo real: no GloboEsporte.com, a partir das 15h