R. Caio e B. Alves disputam vaga de Arboleda na zaga

798

GazetaEsportiva.net

Marcelo Baseggio

Aguirre terá de escolher entre Bruno Alves e Rodrigo Caio para compor sua zaga contra o Botafogo (Fotos: Djalma Vassão e Fernando Dantas/Gazeta Press)

Tido como um dos pilares da defesa do São Paulo, Arboleda não poderá enfrentar o Botafogo no próximo domingo, no Engenhão, já que terá de cumprir suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo recebido no duelo com o América-MG. Tempos atrás Bruno Alves seria o substituto natural do equatoriano, porém, com o retorno de Rodrigo Caio, o técnico Diego Aguirre terá mais uma disputa interna em seu elenco.

No último domingo, Rodrigo Caio voltou aos gramados após exatos cinco meses – o jogador estava se recuperando de uma cirurgia para reparar uma lesão no pé esquerdo. Na ocasião, o defensor foi improvisado como lateral-direito, já que Bruno Peres ainda aprimora a forma física depois de sofrer um estiramento no músculo adutor direito. Caso o dono da posição não se recupere, o zagueiro pode ganhar uma nova oportunidade na ala, mas com uma semana cheia de trabalho pela frente, é pouco provável que Aguirre tenha que improvisar mais uma vez.

“A volta do Rodrigo Caio é um reforço importante. Ele é um jogador nível Seleção, voltou depois de muitos meses sem jogar. Pensamos que era a melhor opção, ele fez um bom jogo”, afirmou Aguirre, se mostrando satisfeito com o desempenho do zagueiro como lateral-direito.

Bruno Alves, por sua vez, vem fazendo uma excelente temporada com a camisa do São Paulo. Seguro nas disputas com os atacantes, o jogador conquistou a confiança não só da comissão técnica, mas também da torcida. Se alternando como titular da zaga tricolor ao lado de Anderson Martins ou Arboleda o zagueiro parece estar na frente na briga por uma vaga na defesa do ainda líder do Brasileirão, apesar da longa história de Rodrigo Caio no Morumbi.

Tendo pela frente o Botafogo, no próximo domingo, no Engenhão, Bruno Alves e Rodrigo Caio iniciarão nesta segunda-feira a disputa por uma vaga na zaga do São Paulo. Mirando a titularidade, a dupla pode dar ao elenco um espírito competitivo que, aos poucos, os torcedores estão vendo o time comandado por Diego Aguirre perder.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor entre com seu comentário!
Entre seu nome aqui

2 × cinco =