São Paulo a 4 pontos do líder? No início do ano não tinha um que não aceitaria, diz Diego Souza

GloboEsporte.com

André Hernan e Marcelo Hazan

Briga por título a 10 rodadas do fim seria proposta irrecusável em janeiro, segundo atacante.

O São Paulo está a quatro pontos do líder Palmeiras faltando dez rodadas para o fim do Brasileirão. Embora o momento seja de queda, com uma vitória nos últimos sete jogos, Diego Souza não vê tudo perdido para o Tricolor.

Na visão de Diego Souza, há um lado positivo na atual situação do São Paulo em comparação com o começo da temporada. Ainda sob o comando de Dorival Júnior, o Tricolor oscilou na primeira fase do Paulista, após escapar do rebaixamento no Brasileirão de 2017.

– Nós temos agora dez decisões. Precisamos vencer, porque o próximo jogo é sempre o mais importante. Como sempre falamos, queríamos chegar nessa fase final do campeonato com chances e brigando pelo título. Conseguimos chegar – disse Diego Souza.

– Por tudo o que aconteceu no início da temporada, se você chegasse aqui no início e falasse: “Pô, faltando dez rodadas vamos chegar a quatro pontos do líder”. Não tinha um aqui que não pegaria essa proposta. Fomos líderes do campeonato, sabemos que fomos mal em alguns jogos, mas passou. Chegamos aqui como equipe e vamos sair dessa situação juntos como equipe – completou.

Diego Souza vê São Paulo vivo na briga pelo título — Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Diego Souza vê São Paulo vivo na briga pelo título — Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

A derrota no Choque-Rei de sábado, por 2 a 0, no Morumbi, derrubou o São Paulo para a quarta posição da tabela, com 52 pontos.

Agora, o time tem novo confronto direto, desta vez diante do Internacional (segundo lugar, com 53 pontos), domingo, no Beira-Rio.

– Tem que ser, não pode ser menos do que isso (entrar com a “faca nos dentes”). Temos dez decisões. Agora é um momento delicado do campeonato, no qual temos de mostrar nossa força para conquistar realmente o que sonhamos lá atrás.

Para encarar o Colorado, o técnico Diego Aguirre não terá Arboleda (seleção Equatoriana), Luan e Igor Gomes (seleção brasileira sub-20).

Facebook Comments

1 COMENTÁRIO