Mancini recusa proposta para deixar o São Paulo e assumir a Chapecoense

988

UOL

Marcello Zambrana/AGIF
Vagner Mancini, durante partida entre São Paulo e Ituano Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Vagner Mancini vai continuar o seu trabalho no São Paulo. Hoje treinador interino, o coordenador técnico do clube recebeu uma proposta para dirigir a Chapecoense no Campeonato Brasileiro. No entanto, segundo apurou o UOL Esporte, ele recusou a oferta e ganhou o apoio do Tricolor paulista para permanecer no cargo.

A oferta havia sido feita pelo próprio presidente do clube catarinense, Plínio David de Nes Filho, o Maninho. Mancini tinha a experiência de ter trabalhado em 2017 na Chapecoense e de ter conquistado o título catarinense. Após uma queda de rendimento da equipe no nacional, ele perdeu o emprego, mas manteve uma boa relação com os dirigentes de lá.

No último dia 17, a Chapecoense havia demitido Claudinei Oliveira. A diretoria catarinense procura um treinador para dar sequência ao trabalho durante a temporada como publicou o Globoesporte,com. Em contato com a reportagem do UOL Esporte, os dirigentes não confirmaram as conversas com Mancini.

Com a liberação médica de Cuca para dirigir o São Paulo, no máximo a partir da próxima semana, Mancini volta para as suas funções como coordenador técnico. Desde a saída de André Jardine em 14 de fevereiro, ele assumiu interinamente o comando do time.