Ônibus com conselheiros do São Paulo é cercado por torcida no Pacaembu

1573

GazetaEsportiva.net

José Victor Ligero

Resultado de imagem para Ônibus com conselheiros do São Paulo é cercado por torcida no Pacaembu

A bronca da torcida do São Paulo não se limitou às arquibancadas neste sábado. Após a derrota por 1 a 0 para o Palmeiras, no Pacaembu, um ônibus que levava embora um grupo de conselheiros do Tricolor foi cercado por dezenas de torcedores nas imediações do estádio.

O presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, xingado durante e após o Choque-Rei, não foi poupado pelos torcedores. “Oh, Leco! Quebra meu galho! Sai do São Paulo e vai pra casa do…”. Agentes da Polícia Militar faziam a segurança do veículo, e nenhum incidente foi registrado.

O clima mais hostil, no entanto, foi detectado durante a partida. Logo após o Palmeiras abrir o placar, um torcedor localizado nas numeradas cobertas do Morumbi acusou uma criança de ter celebrado o gol de Carlos Eduardo. No entanto, a maioria dos torcedores reprovou a postura do acusador. A criança e seus pais deixaram o local minutos depois. Ao final da partida, Leco e os jogadores voltaram a ser hostilizados pela torcida.

Com a derrota, o São Paulo estacionou no segundo lugar do Grupo D, com 14 pontos, três a menos que o Ituano e dois a mais que o Oeste, que visita o Corinthians neste domingo, em Itaquera. O revés lhe obriga, portanto, a torcer por um resultado positivo do arquirrival contra a equipe do interior.

1 COMENTÁRIO