Love admite que estava impedido em lance de possível pênalti do Corinthians

648

UOL

Arthur Sandes e Leandro Miranda

Resultado de imagem para Love admite que estava impedido em lance de possível pênalti do Corinthians

O atacante Vagner Love reconheceu hoje, após o empate por 0 a 0 entre São Paulo e Corinthians pelo jogo de ida da final do Campeonato Paulista, no Morumbi, que estava impedido no lance polêmico no fim da partida em que o VAR demorou vários minutos para checar um possível pênalti a favor da equipe alvinegra. Na jogada, Henrique é puxado pela camisa, mas Love participa da jogada ao tentar disputar a bola pelo alto. “Eu fui no lance, tentei subir para cabecear a bola, e aí acho que marcaram impedimento. Acho que foi por isso que o pessoal do VAR não deu o pênalti. Mas se eu não estivesse impedido, ele (árbitro) tinha dito que daria o pênalti”, disse o camisa 9 do Corinthians.

A partida ficou paralisada nos acréscimos por cerca de quatro minutos enquanto a equipe do VAR revia o lance na cabine. Enquanto isso, o árbitro Luiz Flávio de Oliveira ficou no centro do campo cercado por jogadores e a torcida ficou tensa, chegando a entoar o grito de “vergonha”. Por fim, Luiz Flávio mandou o jogo seguir sem anotar a penalidade. Fábio Carille também tratou do assunto na entrevista coletiva que deu no Morumbi. O técnico corintiano relativizou a demora para uma decisão e também falou sobre o impedimento de Vagner Love. Já sobre o pênalti pedido pelos são-paulinos no primeiro tempo, por um toque de mão de Ralf após uma finalização do ataque tricolor, o treinador disse não saber.

“A gente tem que entender que é o primeiro ano [de implantação do VAR], e alguns equívocos vão acontecer. Não vi os lances, mas não discutimos sobre isso. O Love disse que vai para a bola, e ele está impedido. Ele mesmo relatou. A situação do Ralf eu não sei, não discutimos sobre isso”, concluiu o treinador. Com o 0 a 0 no Morumbi, um novo empate na Arena Corinthians no jogo de volta levará a decisão do título paulista para os pênaltis. A bola rola a partir das 16h do próximo domingo (21) em Itaquera.