Volpi quer São Paulo ofensivo na arena e não descarta cobrar pênalti

225

GazetaEspotiva.net

José Victor Ligero

Herói da classificação do São Paulo para a final do Campeonato Paulista, Tiago Volpi trabalhou pouco na primeira decisão contra o Corinthians, no último domingo, no Morumbi. Pouco acionado, o goleiro viu o time tricolor ter o domínio da posse de bola e pressionar o rival, mas não passar de um empate por 0 a 0.

Na zona mista do Morumbi, Volpi lamentou o resultado e pediu a mesma atitude para o jogo de volta. “A gente tem totais condições de fazer o resultado. Acredito que o jogo de hoje [domingo] provou isso, fomos superiores durante os 90 minutos”, disse.

“Infelizmente a bola não entrou, mas temos de pensar em ganhar o jogo, não pensar em jogar pelo empate, é [repetir] a mesma postura que a gente teve hoje. Praticamente não tive nenhuma ação defensiva no jogo. A equipe fez o que se propôs durante o trabalho da semana, que era pressionar e ter chegada”, acrescentou.

Com o resultado do primeiro encontro, o vencedor da segunda final se sagrará campeão. Um novo empate leva a decisão para a disputa por pênaltis. Diante de tal possibilidade, Volpi se coloca à disposição para voltar à marca da cal. Contra o Palmeiras, ele desperdiçou sua cobrança, mas foi decisivo ao defender dois chutes do rival.“Sempre vou estar disponível. Não é porque errei uma cobrança semana de passada, que iria me esconder neste momento. É uma decisão do Cuca, e ainda tem muita coisa para acontecer até semana que vem. Temos que pensar em ganhar o jogo e não em procurar se defender para levar o jogo para os pênaltis”, reiterou.

O elenco do São Paulo folga nesta segunda-feira e se reapresenta na tarde de terça, no CT da Barra Funda, onde iniciará a preparação para o jogo de volta, marcado para o próximo domingo, às 16 horas (de Brasília), na Arena Corinthians.