De olho na liderança, Cuca minimiza Tricolor “abaixo” de rivais

179

GazetaEsportiva.net

Theo Certain

São Paulo começou bem o Campeonato Brasileiro 2019, vencendo três jogos e empatando um dos quatro disputados até o momento. São 10 pontos somados, os mesmos de Palmeiras e Santos, com quem divide a liderança da tabela. Apesar da igualdade em pontuação, há quem diga que o Tricolor não está no mesmo nível de consistência que os rivais. Para o técnico Cuca, porém, estar abaixo ou não pouco importa, já que o time está em pleno processo de evolução.

“Estar um pouco abaixo ou não, não é o mais importante. É o começo, não o final do campeonato. Nós vamos crescer. Tem jogadores que fizeram três jogos. temos Toró, Pato, Hernanes, entrando em melhor condição. Com entrosamento, eles vão evoluir. Vamos fazer cinco jogos em 15 dias. Demorou no futebol brasileiro pra entender que tem de rodar. Não tem necessidade de repetir time, se todos estão treinando bem. Com viagens e sequência de jogos, calendário apertado, se não rodar, estoura todo mundo”, disse, em coletiva de imprensa realizada nesta sexta-feira.

Para além da liderança, o treinador são-paulino faz questão de destacar que, nesta primeira parte da competição, o importante é se manter na parte de cima da classificação. Até porque, para ele, a disputa pelo título acontecerá até o final.

“Estar entre os primeiros motiva. Lá atrás preocupa muito, faz um esforço incomum. Quando está em cima tem de fazer de tudo para se manter”, afirmou. “Faltam cinco jogos para esse pit-stop da Copa América. E aí todos vão ter um tempo de se fortalecer, e aí vir para o miolo e final de campeonato, que vão decidir. De vez em quando alguém dispara, mas acho que esse ano vai ser pau a pau até o final”, completou.

Cuca não estipula uma pontuação mínima para que o São Paulo conquiste o título do Brasileirão, feito que não acontece há quase 11 anos. Contudo, o técnico mostrou que sabe de cor a receita para levantar o caneco.

“As coisas podem mudar de forma. Você joga 114 pontos no campeonato. Geralmente, aquele que faz dois pontos por jogo é o campeão, a não ser que alguém dispare. Acho que esse é o número que todos trabalham. Uma média de dois pontos por partida”, finalizou.

No domingo, o São Paulo recebe o Bahia em duelo válido pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. No Morumbi, a bola rola a partir das 11h (no horário de Brasília). Dependendo do resultado do clássico entre Santos e Palmeiras, que acontece um dia antes, uma vitória poderá colocar o Tricolor na liderança da competição.

5 COMENTÁRIOS