Bolívia treina no CT do São Paulo, e comissão técnica se incomoda com vestiário pequeno

1656

GloboEsporte.com

Felipe Zito

Rival do Brasil na estreia da Copa América se surpreende com presença do Tricolor; clube antecipa viagem de jogo do Brasileirão e deixará espaço livre para bolivianos.

A seleção da Bolívia treinou na tarde desta terça-feira no CT do São Paulo, na Barra Funda. A equipe do técnico Eduardo Villegas se prepara para enfrentar o Brasil, na próxima sexta-feira, na estreia do Grupo A da Copa América.

Como o time de Cuca trabalhou no local no mesmo momento, os bolivianos tiveram de utilizar o vestiário número 2 do complexo, de espaço mais reduzido.

A decisão incomodou a comissão técnica boliviana, que acreditava que a seleção merecia melhores instalações, conforme o que havia inspecionado no mês de março, mas o assunto foi minimizado posteriormente.

Espaço destinado à seleção da Bolívia no CT do São Paulo — Foto: Felipe Zito

Espaço destinado à seleção da Bolívia no CT do São Paulo — Foto: Felipe Zito

O São Paulo informou que antecipou sua viagem a Belo Horizonte para liberar toda a estrutura do seu centro de treinamento para as seleções a partir desta quarta-feira. O último trabalho do time de Cuca antes do duelo contra o Atlético-MG, na quinta-feira, será no CT do Cruzeiro, em Minas Gerais.

Nos quatro amistosos de 2019, a equipe soma um empate (Nicarágua) e três derrotas (França, Japão e Coreia do Sul). Uma provável formação para a partida contra o Brasil: Lampe; Marvin Bejarano, Haquin, Jusino e Diego Bejarano; Chumacero, Justiniano, Galindo e Saavedra; Raul Castro e Marcelo Moreno.

A seleção boliviana está em São Paulo desde o dia 4. Depois do jogo contra o Brasil, a Bolívia enfrenta o Peru, no dia 18, no Maracanã, e a Venezuela, no dia 22, no Mineirão.