Hernanes retorna da Itália para o São Paulo, mas dificilmente enfrentará o Avaí na Ressacada

191

GloboEsporte.com

Marcelo Hazan

Profeta voltou nesta sexta-feira, depois de perder treinamentos ao longo da semana para resolver problema pessoal com filho. Igor Gomes o substituiu contra o Cruzeiro.

Hernanes voltou ao São Paulo nesta sexta-feira e está no CT da Barra Funda, mas não deve ir para o jogo contra o Avaí, neste sábado, às 21h, na Ressacada, em Florianópolis, pela oitava rodada do Brasileirão.

Isso porque Hernanes perdeu os treinamentos ao longo da semana, pois viajou à Itália, onde foi resolver um problema de saúde com o filho Ezequiel.

Hernanes tem sofrido com lesões no São Paulo nesta temporada. Ele sentiu um incômodo muscular e foi substituído por Igor Gomes no intervalo do empate por 1 a 1 com o Cruzeiro, domingo, no Pacaembu, por uma decisão da comissão técnica.

– Eu queria voltar, mas a comissão técnica preferiu ser prudente e não arriscar a ter mais uma lesão e perder mais dois jogos. Então acho que foi uma decisão acertada e vou estar disponível – disse, no último domingo.

Hernanes e o filho Ezequiel: jogador perdeu treinos na semana para ir à Itália cuidar de problema de saúde do garoto — Foto: Reprodução/Instagram

Hernanes e o filho Ezequiel: jogador perdeu treinos na semana para ir à Itália cuidar de problema de saúde do garoto — Foto: Reprodução/Instagram

Provavelmente sem Hernanes, Cuca faz mistério e não revela a escalação da equipe. Igor Gomes seria a opção natural para o seu lugar. Tchê Tchê se recuperou das dores musculares e treinou normalmente na quinta-feira.

Cuca não terá Pablo, Liziero, Rojas (lesionados) Antony (seleção olímpica), Arboleda (Copa América com Equador), Rojas (lesão) e Igor Vinícius (suspenso). Ou seja, como Bruno Peres está fora dos planos, Hudson será a única opção para a lateral direita e deverá ser mantido.

A dúvida é sobre quem formará o ataque. Calazans, Pato, Vitor Bueno, Everton, Toró e Everton Felipe são opções. O possível time, então, é o seguinte: Tiago Volpi; Hudson, Bruno Alves, Anderson Martins e Reinaldo; Luan, Tchê Tchê e Igor Gomes; Vitor Bueno (Everton), Pato e Toró (Calazans).