Coletivo entre titulares e reservas termina empatado no São Paulo

519

UOL

Bruno Grossi

saopaulofc.net

Cuca tem aplicado um tipo de treino que já não era mais comum no São Paulo. O técnico comandou um coletivo no CT da Barra Funda, com campo inteiro e sem paralisações para ajustes táticos. Titulares e reservas se enfrentaram por quase uma hora e o duelo terminou empatado por 1 a 1. Os gols foram marcados por Alexandre Pato e Helinho

Assim como fez no jogo-treino contra o Cuiabá, na semana passada, Cuca montou o time titular com Tiago Volpi, Hudson, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Luan, Tchê Tchê e Hernanes; Antony, Alexandre Pato e Pablo. Esse time deve enfrentar o Palmeiras, às 19h de sábado no Morumbi, na volta do Campeonato Brasileiro. Já os reservas atuaram com Jean, Igor Vinícius, Walce, Anderson Martins e Léo; Willian Farias, Igor Gomes e Vitor Bueno; Helinho, Everton Felipe e Toró.

A atividade foi bastante pegada, com divididas fortes e com os jogadores fazendo cobranças o tempo todo. Os reservas abriram o placar após Toró puxar contra-ataque e acionar Helinho na direita. O camisa 11 limpou a marcação e bateu colocado, no canto direito de Volpi, e marcou bonito gol.

Pouco depois, Hernanes arrancou pelo meio, tabelou com Antony e viu Pato deixar tudo igual depois de limpar dois marcadores e chutar duas vezes contra Jean. Pato teve a chance de virar após outra jogada individual, mas o chute sem goleiro foi para fora. Irritado, deu um bico em uma das novas placas de publicidade no CT, que ficou furada. Outro momento de destaque de Pato foi um contragolpe puxado por Hernanes em que o atacante parou de correr e não percebeu que receberia passe do Profeta. Quando resolveu arrancar, não deu tempo de evitar a saída. O lance fez Hernanes dar uma bronca no colega pela desistência. Pablo endossou a cobrança.

No fim da atividade, Hernanes e Toró trocaram de time. Os titulares passaram a jogar com duas linhas de quatro, com Pablo e Pato mais soltos no ataque. A estratégia não funcionou e o Profeta conduziu a melhora dos reservas, que ainda teriam a entrada do recém-chegado Raniel no lugar de Willian Farias. Raniel começou treinando sozinho com o preparador físico Pedro Campos, em um circuito de finalizações que já havia sido cumprido também pelos lesionados Rojas e Everton. Outro jogador que está no departamento médico e apareceu em campo para complemento foi o volante Liziero.

2 COMENTÁRIOS