Dedicação em campo e confiança de Simeone: as credenciais de Juanfran na chegada ao São Paulo

322

GloboEsporte.com

Eduardo Rodrigues e Martín Fernandez

Lateral-direito será apresentado pelo Tricolor nesta sexta-feira, às 15h, no Morumbi.

Dedicação em campo e confiança de Simeone: as credenciais de Juanfran na chegada ao São Paulo

Alan Mendes / saopaulofc.net

O espanhol Juanfran foi anunciado pelo São Paulo no último sábado, chegou à capital paulista na quarta de manhã e, à tarde, já estava no CT da Barra Funda para treinar. Ele será apresentado nesta sexta, às 15h (de Brasília), no Morumbi, com transmissão ao vivo do GloboEsporte.com.

A rapidez com que o lateral iniciou os trabalhos em seu novo clube demonstra uma característica destacada por quem acompanhou o jogador de perto nos oito anos de Atlético de Madrid: a dedicação.

– Juanfran com seus 34 anos é um jogador extremamente profissional, que faz sacrifícios. Se formou como ponta, que logicamente não tem a velocidade de antes, mas pode somar muita experiência, solidez e experiência defensiva – afirmou Alberto Rubio, editor de futebol internacional do jornal Marca, da Espanha, ao GloboEsporte.com.

– Juanfran escolheu a exigência, escolheu continuar lutando por títulos. Eu garanto aos torcedores do São Paulo que eles têm um jogador que vai derramar até a última gota de suor pelo time. Claro que ele não tem mais 25 anos, mas no ano passado chegou um lateral muito mais jovem ao time e foi ele quem terminou jogando as partidas importantes – disse Patricia Cazón, do Diário AS.

Juanfran acena para a torcida na última partida pelo Atlético de Madrid — Foto: EFE/Manuel Bruque

Juanfran acena para a torcida na última partida pelo Atlético de Madrid — Foto: EFE/Manuel Bruque

O lateral chegou ao Atlético de Madrid em 2011 após cinco temporadas no Osasuna. Revelado pelo Real Madrid em 2003, ele ainda passou pelo Espanyol, entre 2005 e 2006. As maiores conquistas, porém, foram no Atlético: duas Ligas Europa (2011/12 e 2017/18), Copa do Rei (2013/14) e Campeonato Espanhol (2013/14).

No clube madrilenho também caiu nas graças de Diego Simeone. Ambos chegaram ao clube no mesmo ano, e Juanfran foi lapidado até se tornar o jogador de confiança do treinador. O primeiro contato deles foi fundamental para que isso fosse possível:

– Duas horas antes do primeiro treino com Simeone, eu disse a mim mesmo que tinha que dar tudo de mim para que o “Mister” me visse motivado, animado e ansioso. Ele viu algo em mim naquele dia e me disse mais tarde que eu transmiti algo diferente – afirmou Juanfran em entrevista à Radio Cadena Ser, em maio deste ano.

A trajetória de sucesso no Atlético de Madrid fez Juanfran chegar à seleção espanhola e disputar a Copa do Mundo de 2014. A despedida do clube, com praticamente todos os funcionários o aplaudindo pelas dependências do local, mostrou o respeito que o jogador tem no futebol do país.

A surpresa pela chegada do lateral espanhol ao São Paulo se deu, principalmente, pelo fato dele ter sido anunciado dois dias depois da contratação de Daniel Alves. Houve questionamentos do porquê o São Paulo havia contratado dois jogadores para a mesma posição. E a explicação se dá pelo fato de Juanfran ser um lateral mais defensivo, enquanto Daniel Alves é mais ofensivo.

Quando ambos estiverem em campo, por exemplo, o espanhol jogará de lateral-direito, enquanto Daniel Alves pode ser um meia mais avançado. Juanfran chegou a ser utilizado por Simeone na esquerda em ocasiões especiais, mas no São Paulo ele não deve fazer a função, que já conta com Reinaldo e Léo.

A estreia do lateral, no entanto, ainda está pendente de algumas situações. Além da parte física – ele não faz um jogo oficial desde o dia 18 de maio, no empate contra o Levante, na última rodada do Campeonato Espanhol –, Juanfran precisa resolver a parte burocrática. Por se tratar de um jogador estrangeiro, é necessário um visto de trabalho para o Brasil.

Daniel Alves e Juanfran estão se ambientando ao São Paulo — Foto: Eduardo Rodrigues

Daniel Alves e Juanfran estão se ambientando ao São Paulo — Foto: Eduardo Rodrigues